Robert Downey Jr (Divulgação)

Mesmo já envolvidos com novos projetos, os Irmãos Russo continuam concedendo novas entrevistas e revelando detalhes sobre “Vingadores: Ultimato”. Na mais recente delas, a dupla comentou sobre a quebra de contrato entre Marvel/Disney e a Sony e se Robert Downey Jr merece ser indicado ao Oscar.

Joe e Anthony Russo afirmaram, sem rodeios, que não ficaram surpresos com a decisão e a saída do Homem-Aranha do MCU: “O Kevin [Feige] passou por muita coisa, muitos altos e baixos. Nós dissemos a ele, ‘Temos que fazer [esses filmes] com a Sony’ e ele dizia, ‘Ok, eu vou tentar resolver’, e voltava para o escritório dele. É muito trabalho conseguir que duas empresas enormes trabalhem bem uma com a outra”. 

E ainda: “[…] só o fato que isso aconteceu, nós deveríamos estar dançando e comemorando que conseguimos isso por um tempo. Acho que é por isso que eu e o Joe não estamos tão devastados ou surpresos que houve essa separação, porque foi tão difícil fechar o acordo em primeiro lugar”, contou Anthony ao The Daily Beast.

Já sobre o Homem de Ferro

Os irmãos acreditam que Robert merece ser reconhecido pela Academia por seu trabalho no último filme dos Vingadores. “Eu não sei se vi – na história do cinema – uma audiência global reagir à uma performance do jeito que reagiram ao Robert Downey [em Ultimato]. As pessoas estavam chorando sem parar nos cinemas, hiperventilando, isso demonstra uma atuação muito profunda”, disse Joe.

Se isso não merece um Oscar, eu não sei o que merece”, concluiu, ao que Anthony respondeu: “Tem havido uma falta de conexão entre a Academia e o público, isso começou há uns 20 anos. Até aquele ponto, o Oscar e o gosto popular andavam em sintonia”. Downey Jr, indicado duas vezes durante a carreira, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Os escolhidos da indústria serão conhecidos no início de 2020.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui