J.J Abrams conta como convenceu importante ator a retornar à franquia

Adam Driver como Kylo Ren e Harrison Ford como Han Solo (Reprodução)

Mesmo se apoiando demais em nostalgia para agradar os fãs, A Ascensão Skywalker teve seus bons momentos, incluindo a aparição surpresa de um personagem lendário da franquia. Em nova entrevista o diretor J.J Abrams conta como convenceu o ator a retornar. O texto a seguir contém spoilers.

Um dos momentos mais emocionantes e traumáticos da nova trilogia foi sem dúvida a morte de Han Solo pelas mãos do seu próprio filho Kylo Ren (Ben Solo) em O Despertar da Força. Como resultado, Kylo se voltou ainda mais para o lado negro ao mesmo tempo que se afastou da mãe, Leia.

Em A Ascensão Skywalker, outro grande momento foi o retorno de Harrison como Solo, façanha conseguida na forma de uma manifestação da mente de Ben que o ajudou a se arrepender pelos seus atos e se unir à Rey. Porém Abrams confirmou à Vanity Fair que convencê-lo não foi tarefa fácil.

Encontro

Tivemos uma reunião e falamos sobre isso. Harrison é uma das melhores pessoas que existem, e incrivelmente sério sobre tudo que ele faz, e tudo que ele quer saber é qual será a utilidade do personagem. Sentei com ele e expliquei qual era nossa intenção. Conversamos bastante e eu mandei as páginas [do roteiro]. E como vocês podem ver, ele foi maravilhoso.

A aparição de Han deixou muita gente confusa, porém, já que seu o personagem não é sensível à força e não pode aparecer como fantasma, mas como o roteirista Chris Terrio explicou, sua presença é simplesmente um fragmento da imaginação do filho: “Para mim e o J.J, pensamos que isso finalmente era o Ren, depois da morte da mãe, sendo capaz de realmente pedir perdão, pedir perdão ao seu pai e conseguir algum tipo de paz.”

A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort