J.K. Simmons explica o que o atraiu para atuar na série Em Defesa de Jacob

JK Simmons (Reprodução)

O ator J.K. Simmons estrelou recentemente a série Defending Jacob (Em Defesa de Jacob). Na história, ele era Billy, pai do advogado Andrew, vivido por Chris Evans e que não via o filho desde a infância. Quando o filho de Andrew, Jacob (Jaeden Martell) é acusado de ter assassinado um colega de escola aos 14 anos, ele luta contra seus medos e atravessa o país para ir até a penitenciária onde o pai está preso por homicídio, tudo para tentar extrair o DNA do homem e provar que o filho não possui o chamado “gene assassino”. 

Simmons explicou que se interessou pelo papel na mesma hora em que leu: “O que eu procuro nos roteiros em geral é quando você interpreta um personagem que fez coisas tão terríveis; é fácil para um escritor ser preguiçoso, uma platéia, um ator, ser preguiçoso e dizer: ‘Oh! , ele é mau. Ele é terrível. Ele é o cara mau – o que ele é. Mas Mark é inteligente o suficiente e gentil o suficiente para nos oferecer pequenos vislumbres aqui e ali na humanidade desse cara”, disparou o ator ao The Hollywood Reporter sobre o roteirista Mark Bomback.

Ao final dos 8 episódios que compõem o programa disponível na AppleTV+, o personagem de Simmons mostrou ser peça fundamental na narrativa construída.

Jim Gordon (JK Simmons)
Jim Gordon (JK Simmons) em Liga da Justiça (Reprodução)

O ator que viveu Jim Gordon em Liga da Justiça,  na mesma entrevista falou sobre o quão empolgado está para ver o Snyder Cut finalmente ganhar vida, mais de três anos após o planejado. “Eu sou sempre a favor da visão de um diretor, especialmente um cineasta que tem sido tão icônico nesse gênero em geral”, explicou Simmons.

“Havia obviamente uma variedade de razões para a maneira como as coisas se agitaram pela primeira vez com esse filme. Quaisquer que sejam seus sentimentos sobre a versão que foi lançada inicialmente, acho que, mesmo que você amasse tudo sobre esse filme, eu certamente estaria interessado como público em ver a visão de Zack. A única coisa que eu tenho certeza é que vai ser longo, porque ele tem muitas coisas que quer colocar lá”.

E realmente vai, já que Snyder ao fazer o anúncio sobre o lançamento do filme no streaming explicou que seu formato não estava predeterminado, podendo ser lançado tanto como um filme com pouco mais de 4 horas, ou uma minissérie em 6 episódios.

Nos últimos dias, o cineasta tem respondido às perguntas dos fãs apenas com emojis, talvez numa tentativa para evitar spoilers, e foi questionado se Jonathan Kent, interpretado por Kevin Costner em Homem de Aço (2013), voltará a fazer uma aparição em Liga da Justiça assim como fez em uma cena de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Novamente, a resposta veio através de uma carinha piscando.

bostancı escort