James Gunn faz garantia sobre novo O Esquadrão Suicida

James Gunn
James Gunn (Reprodução)

Mesmo com essa onda de cancelamentos no cinema mundial, isso não afetará a produção de O Esquadrão Suicida, novo filme da DC que tem estreia prevista para o ano que vem. Dirigido por James Gunn, responsável por Guardiões da Galáxia, o filme não está sendo tratado como uma continuação ao filme de (quase) mesmo nome lançado em 2016 e dirigido por David Ayer. 

Segundo Gunn, O Esquadrão Suicida se assemelha mais a um reboot mesmo que o público já tenha visto alguns de seus personagens anteriormente como é o caso de Arlequina, interpretada por Margot Robbie. Além disso o longa da DC tem um nome diferente: ao invés de Esquadrão Suicida 2, a Warner Bros optou por O Esquadrão Suicida

Se o filme de Ayer já parecia ter um tom sombrio e psicodélico comparado aos demais produzidos pela DC, a película de Gunn deve ser ainda mais destoante de tudo o que já foi feito até aqui. Através do Instagram, um fã perguntou ao diretor se o filme teria uma pegada divertida, tal qual é feito na Marvel, e mais recentemente foi feito em Shazam, mas o diretor se limitou a dizer: “Não. É coisa própria”, respondeu revelando que o estilo do longa era outro. 

Gunn vem tendo sucesso na empreitada já que conseguiu algo que Ayer tentou anteriormente e falhou: levar aos cinemas um filme com classificação R (para maiores de 18 anos), provavelmente impulsionado pelo sucesso de Coringa, que faturou mais de 1 bilhão de dólares em bilheterias, e por Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, que mesmo não sendo um sucesso comercial, ajudou a pavimentar o caminho para que a Warner Bros deixasse de tratar seus filmes baseados em super-heróis como ‘coisa de criança’. 

Entre os próximos lançamentos da DC Films estão Mulher Maravilha 1984, em junho deste ano, O Batman em junho de 2021, Shazam! 2 em abril de 2022, Super Pets em maio de 2022, The Flash em julho de 2022, e Aquaman 2 em dezembro de 2022.