Jane Fonda diz que se arrepende de não ter tido relações com astro da música

A atriz Jane Fonda resolveu se abrir sobre os seus sentimentos mais íntimos e lamentou nunca ter feito sexo com Marvin Gaye, ícone do R&B, inclusive sendo considerado umas das vozes mais sexies entre os cantores norte-americanos. A atriz de 82 anos, estava em uma sessão de perguntas e respostas para o jornal The New York Times, quando resolveu falar sobre os homens que conheceu ao longo da vida, os mais interessantes, e acabou citando que perdeu a oportunidade de se deitar com o falecido astro da música.

A entrevistadora em questão, chamada Maureen Dowd começou as perguntas com uma espécie de ‘confirme ou refute’, e afirmou que o maior arrependimento de Fonda era nunca ter ido para a cama com Che Guevara, mas ela negou a afirmação dizendo: “Não. Eu nem penso nele. Em quem eu penso, e este sim é um grande arrependimento é Marvin Gaye. Ele queria e eu não”, disparou a estrela.

“Eu estava casada com Tom Hayden. Estava conhecendo muitos artistas para fazerem shows para Tom, e uma das mulheres que estava me ajudando me apresentou a Marvin Gaye”. A apresentadora perguntou se Marvin Gaye falava para ela que ele era a ‘cura sexual’ (citando o nome de uma de suas músicas mais famosas, Sexual Healing), e Fonda disparou: “Ele nunca disso isso não, mas eu precisava de um pouco”.

Gaye morreu em 1984, e Jane descobriu que ele guardava uma foto dela colada em sua geladeira. Durante o bate-papo ela ainda falou sobre o tempo em que esteve com o astro Marlon Brando, e foi sincera: “Decepcionante… mas é um ótimo ator”, embora não tenha ficado claro se ela estava falando do desempenho dele em outras atividades. O último papel de Fonda foi como Grace Hanson na série Grace and Frankie, da Netflix, que retorna para sua última temporada no ano que vem, embora o serviço ainda não tenha divulgado uma data oficial.

ankara escort