Jason Momoa
Jason Momoa em Game of Thrones (Imagem: Divulgação/HBO)

Após o ator Jason Momoa ter sido escolhido para dar vida ao líder do povo Dothraki, o kral Drogo, na série de maior sucesso de toda a história da HBO, Game of Thrones, a carreira do ator deu uma guinada, e ele seguiu conquistando várias outras oportunidades. Porém, o sucesso alcançado por Momoa não o livrou do seu personagem morto precocemente na série, fato que deixou o astro decepcionado.

Jason concedeu uma entrevista ao Metro britânico, e revelou sua frustração com uma participação precoce em várias produções, principalmente a série medieval, produção na qual o seu personagem Khal Drogo, morreu ainda na 1ª temporada.

O astro também comentou sobre seu novo trabalho, a série See da AppleTV+, conforme Momoa a produção lhe dá uma chance única de mostrar seu talento, principalmente a sua parte dramática, fugindo  assim do lado físico, algo que sempre foi tão valorizado em seus antigos trabalhos.

“Eu sempre quis fazer isso. Eu sinto que fui traído em muitas coisas que fiz. Você tenta colocar um pouco de cor aqui e ali, com [Conan, o Bárbaro] mas ninguém quer ver o Conan chorando. E Drogo, ele morre antes das outras coisas acontecerem. Em Frontier, sua família morre e tudo é sobre vingança. Agora, é bonito, porque você consegue ver todo o arco completo”, relatou Jason Momoa.

A série See, é uma das produções próprias que já estão disponíveis na recém lançada Apple TV+, o novo serviço de streaming da Apple, que veio para fazer frente a Netflix, Amazon Prime Video e Disney+.

O novo serviço chegou prometendo uma revolução no mercado, e o Brasil foi um dos países escolhidos para lançamento. Por aqui, a Apple TV+ estará disponível com uma assinatura de apenas R$ 9,90.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui