Constance Wu e Jennifer Lopez em “As Golpistas” (Divulgação)

O sucesso estrondoso dos filmes da Marvel pode agradar milhões e milhões de fãs em todo o mundo e deixar os cofres da Disney cada dia mais cheios, porém alguém que não parece muito feliz é a atriz e cantora Jennifer Lopez.

Em nova entrevista à revista Variety, Lopez abriu o coração sobre as dificuldades de produzir seu mais novo filme, “As Golpistas” (Hustlers), e revelou que as grandes produções, os famosos blockbusters, não tornam a tarefa nem um pouco mais fácil.

Antes de tudo, é difícil produzir qualquer filme, ponto final. É preciso que seja algum quadrinho da Marvel ou alguma outra franquia louca, mas os filmes pequenos, sobre humanidade, sobre pessoas e os problemas do dia a dia que elas enfrentam, você não se vê muitos deles, a não ser que você não receba nada e produza praticamente sem nenhum orçamento”, desabafou.

E ainda: “Em cima disso, você tem mulheres como protagonistas, daí é outra batalha completamente diferente. É uma outra camada, e é muito difícil produzir esse tipo de filme”. O elenco, assim como a diretora Lorene Scafaria, estava presente no Festival de Cinema de Toronto, no Canadá, para promover o longa.

TIFF

Que por sinal, recebeu ótimas críticas após sua primeira exibição, e no momento conta com uma porcentagem de aprovação de 94% no site especializado Rotten Tomatoes. A atuação de Jennifer, em especial, tem sido bastante aplaudida, e ela agora entra para o seleto grupo que atrizes com chances de ser indicada à Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2020.

Além de Jennifer fazem parte de “As Golpistas” também Constance Wu, Julia Stiles, Keke Palmer, Lili Reinhart, Lizzo, e Cardi B. O filme conta a história real de um grupo de strippers que monta um esquema para enganar e roubar ricos investidores de Wall Street. A estreia está marcada para 5 de dezembro.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui