Jim Carrey vai escrever livro de ‘memórias’, e tem certeza que Tom Cruise não vai gostar

Jim Carrey
Jim Carrey (Imagem: Divulgação)

Astro de Sonic: O Filme, e da série Kidding, do Showtime, Jim Carrey está pronto para lançar um livro, mas não será um livro qualquer e sim um livro de memórias distorcidas do universo de Hollywood. Em nova entrevista ao The New York Times, o ator disse que essa era a única forma possível que ele encararia um livro de memórias.

“Não há nada, neste momento da minha vida artística, mais chato do que a ideia de escrever os eventos reais da minha vida em alguma ordem cronológica”, disse Carrey.

“A personalidade Jim Carrey neste livro é realmente um representante – ele é um avatar de qualquer pessoa na minha posição. Do artista, da celebridade, da estrela. Aquele mundo e todos os seus excessos e gula, autofoco e vaidade. Parte disso é muito atual”, disparou ele.

O livro é uma zoeira com acontecimentos ficcionais com celebridades como Gwyneth Paltrow, Nicolas Cage, Anthony Hopkins entre outros. “É sátira e paródia, mas também é feita com reverência”, disse Carrey. “A maioria das pessoas deste livro são pessoas que eu admiro muito.”

Nicolas Cage é definido na publicação como um colecionador de crânios de dinossauro e melhor amigo fictício de Carrey. “Eu estava conversando com Nic Cage alguns dias atrás. Eu não tinha dito nada a ele sobre o livro e, um dia, joguei aquilo, e ele apenas disse: ‘Jim, estou tão honrado, cara. Você não tem ideia’. Eu disse ‘eu te dei todas as melhores falas’. Ele está muito animado com isso”.

Outro personagem do livro, que por motivos legais, Carrey optou por chamar de Laser Jack Lighting, mas embora seja divertido, ele acha que o astro de Missão Impossível não vai gostar muito. “Somos apenas nós zombando da litigiosidade de Hollywood. Conheço Tom Cruise. Ele pode talvez ficar bravo, mas depois ele vai adorar”.