Filme Coringa
Foto promocional de Joaquin Phoenix em cena do filme Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Desde muito antes da estreia do filme Coringa, ocorrida no último dia 3 de outubro, o longa já chamava atenção e muitos se perguntavam se haveria uma sequência, um Coringa 2. O ator Joaquin Phoenix e o diretor Todd Phillips falaram sobre o assunto. E o intérprete do vilão foi categórico, deixando claro que não fará uma sequência simplesmente porque o filme inicial foi bem-sucedido.

Em conversa com o jornal Los Angeles Times, ele revelou motivos para não fazer uma sequência. A principal delas é o sucesso com o primeiro filme. Segundo o ator, fazer uma sequência apenas porque o primeiro filme foi bem-sucedido é “ridículo”. Ele também falou sobre sua preocupação em ficar preso a um personagem.

“Eu acho que o medo está em ficar preso a fazer algo repetidamente e com o qual você não se importa tanto assim, porque não te motiva ou não te empolga. Parte da atração, para mim [em Coringa], é que não havia expectativa. Eu não assinei um contrato para fazer [mais filmes]. Foi apenas um. Eu não vou fazer uma sequência só porque o filme foi bem-sucedido, isso é ridículo”, disse o ator.

Sendo assim, parece que Coringa 2 não deve passar de um desejo dos fãs. Apesar disso, nada é certo e tudo pode mudar futuramente. Também em conversa com o Los Angeles Times, o diretor Todd Phillips disse que o filme não deve sair. Ao menos, não por agora, ou da forma como muitos imaginam e desejam.

“Nós [o diretor e o ator Joaquin Phoenix] não conversamos muito sobre isso [fazer uma sequência de Coringa]. Nós apenas conversamos sobre o fato de que, se algum dia fizermos um – e não estou dizendo que vamos, porque agora não vai acontecer –, ele não poderia ser um filme selvagem e louco sobre o Palhaço do Crime. Isso simplesmente não nos interessa”, disse Phillips.

Comentários

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui