Johan de “Game of Thrones”, Ian Glenn surpreende ao falar sobre destino do personagem

Ian Glenn
Ian Glen comentou sobre o destino do seu personagem em “Game of Thrones” (imagem: Divulgação)

O ator escocês Ian Glen relatou que já imaginava que Johan Mormont, seu personagem em “Game of Thrones”, iria morrer. Ele afirmou que mesmo antes de ler o roteiro final da série, já imaginava o destino do honorável lorde comandante da Patrulha da Noite.

Na terrível Batalha de Winterfel, Jorah ao proteger a sua rainha Daenerys Targaryen (Emilia Clarkle), acaba morrendo ao ser atacado pelos mortos vivos, em uma ofensiva comandada pelo Rei da Noite.

“É um final heróico, eu fiquei satisfeito”, revelou Ian, que ainda confessou que ao receber os seis roteiros da temporada, leu imediatamente toda a lista do elenco. “Eu estava lá no primeiro episódio, e no segundo, e no terceiro, e no quarto, mas nos outros não. Eu não sabia, é claro, que apareceria no quarto capítulo apenas como um cadáver”, continuou.

Morte

O ator ainda comentou sobre a desconfiança da morte de seu personagem. “Quando eu li a cena em que Jorah morre, me pareceu a forma certa de matá-lo. Por oito anos você pensa: ‘Por favor, não me matem’. Você só quer continuar participando da festa. No entanto, esta é a última temporada — é o momento de dizer adeus de qualquer jeito”, completou.

Ele ainda confessou, que por anos, torceu pelo amor de Jorah e Daenerys, se tornar real. “Tirando isso, tirando a realização que seria se Jorah conseguisse fazer amor com Daenerys, não tenho nada que gostaria de ter feito. Eu me sentiria ingrato se dissesse algo nesse sentido.”

“Eu acho, no entanto, que houve uma mudança [no relacionamento de Jorah com Daenerys] quando ele foi rejeitado por ela e teve que lutar para recuperar sua confiança. Sempre houve um amor profundo, mas ele parou de procurar por reciprocidade física naquele momento. Ele só queria estar perto dela”, finalizou.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.