John Krasinski revela o que o faria dirigir filme da Marvel

John Krasinski
John Krasinski (Divulgação)

John Krasinski está com tudo. Além de protagonizar a série Tom Clancy’s Jack Ryan, da Amazon Prime Video, o astro está se preparando para estrear Um Lugar Silencioso – Parte 2, que ele escreveu, dirigiu e atuou. O longa que mostrará a família lidando com as consequências de ter um bebê sem poder fazer barulho num mundo pós-apocalíptico tem estreia marcada para o dia 9 de março. Com isso, Krasinski, empenhado em divulgar o filme acaba em suas entrevistas falando sobre outros assuntos como sua ligação com o universo Marvel.

Boatos dão conta de que ele havia sido sondado para interpretar o Senhor Fantástico em um possível filme do Quarteto Fantástico, algo que ele não confirma, porém sua veia de diretor fala mais alto, e ele afirmou em entrevista à revista Esquire que toparia dirigir um filme de super-herói do estúdio. “Se um filme da Marvel aparecer, talvez, apenas estou procurando ótimas histórias e ótimos personagens”, disse ele sobre o que o faz aceitar dirigir um projeto.

Sua vontade de dirigir surgiu quando ele ainda atuava na série de TV, The Office, e havia adquirido os direitos para peça Breves Entrevistas com Homens Hediondos, e procurava um diretor para transformá-la em filme. Foi quando recebeu um conselho de um colega de elenco para que dirigisse ele mesmo. Receoso, ele partiu para a ação, e conseguiu lançar o filme em 2009. Daí em diante, passou a dirigir alguns episódios da própria série.

Ele também revelou recentemente que Um Lugar Silencioso só foi possível porque ele perdeu o papel de Capitão América para Chris Evans, pois caso vivesse Steve Rogers nas telonas jamais teria tempo para se dedicar à carpintaria do roteiro. “Assim que eles disseram que Chris Evans conseguiu o papel, eu vibrei, olhe para aquele cara. Você está brincando comigo? Ele é o Capitão América! E eu vi Chris há algumas semanas e ainda estávamos rindo disso. Eu disse: ‘Eu amei que você se aposentou no papel que deveria ser meu’”, revelou ele na mesma entrevista.