Johnny Depp alega que Amber Heard apagou cigarro em seu rosto durante ataque de fúria

Johnny Depp
Johnny Depp (Reprodução)

No sexto dia de julgamento do processo que Johnny Depp move contra o jornal The Sun por te-lo chamado de ‘espancador de mulheres’, o júri ouviu o guarda-costas do ator, Malcolm Connolly, que trabalha para ele há cerca de 16 anos. Connolly deu provas sobre um incidente em março de 2015 na Austrália, onde Depp estava filmando Piratas do Caribe. Connolly recebeu uma ligação urgente do falecido Jerry Judge, chefe da equipe de segurança de Depp, que lhe disse: “Malcolm, entre no carro, retire o chefe da situação”.

Ele até a casa alugada onde Depp e Heard estavam hospedados e encontrou um caos instalado onde um estava gritando com o outro. Após levar Depp para o carro, o ator disse: “‘Ela cortou meu dedo indicador. Ela quebrou minha mão com uma garrafa de vodka’. Vi o dedo dele e estava uma bagunça.” Depp também disse a Connolly que Heard havia apagado um cigarro em seu rosto e Connolly confirmou que viu uma marca, enquanto a atriz parecia estar completamente ilesa, e teria chegado perto do carro para provoca-lo, perguntando:  “Você vai deixar por isso mesmo, seu covarde?”.

O guarda-costas confirmou que nunca tinha visto Depp atacar a atriz de Aquaman. “Eu não toleraria que nenhum homem atingisse uma mulher, não importa quem ele seja. Nem mesmo se ele fosse meu chefe. Nem mesmo se fosse o papa”. O tribunal também ouviu Tara Roberts, gerente da propriedade da ilha particular de Depp nas Bahamas.

“Eu nunca vi Johnny, que é um homem extraordinariamente gentil, ser violento ou agressivo com Amber ou qualquer outra pessoa”, disse ela que completou: “Eu também testemunhei Amber atacar violentamente Johnny, puxar seu cabelo e cometer outros atos físicos agressivos contra ele. Antes do casamento de Johnny com Amber, ele era extrovertido, amigável e social. Era um ambiente familiar quando ele visitava a ilha. Ao longo de seu relacionamento e casamento, houve uma mudança distinta em Johnny, e a pessoa social e animada que passava a maior parte do dia dormindo, foi retirada, e nossas refeições juntos diminuíram para inexistentes”, completou.