Johnny Depp é considerado incapaz de se lembrar do seu lado agressor

Amber Heard e Johnny Depp
Amber Heard e Johnny Depp (Reprodução/ Youtube)

Marcado para terminar nesta terça-feira, 28 de julho, o julgamento do ator Johnny Depp, que está processando o jornal britânico The Sun por difamação ainda está dando o que falar. Nesta segunda-feira, 27 de julho, a corte de Londres ouviu mais depoimentos da atriz Amber Heard, inclusive a leitura parcial de um e-mail que ela teria escrito para o ex-marido, em 2013 antes de se casar com ele, e ela que ela nunca chegou a enviar de fato.

Durante a sessão, a advogada Sasha Wass afirmou que como usuário de drogas, o astro de Piratas do Caribe criou uma ilusão sobre si mesmo, ao não conseguir se lembrar de como se transformava com o uso de substâncias. “Isso demonstra que [Depp] estava sujeito a mudanças de humor irracionais e padrões comportamentais anormais, que não estariam presentes quando estava limpo e sóbrio. O outro aspecto que é importante em termos de abuso de substâncias é a lembrança de Depp de sua própria conduta vergonhosa, que é tão severamente prejudicada pelo uso indevido de drogas que ele pode nem estar ciente da extensão de sua violência e comportamento aterrorizante”.

Segundo a profissional, as duas semanas de testemunhos mostraram que ele era um viciado sem esperança, e que perdia toda a capacidade de conter sua raiva quando estava drogada, colocando medo em sua então esposa.  “Quando alguém está tão prejudicial assim, é apenas um passo para agredir pessoas”, disse ela ao exibir imagens dele destruindo propriedades, de acordo com a Sky News.

A advogada ainda disse que há evidências de que Depp batia na estrela de Aquaman, negando que os testemunhos daqueles que defenderem Johnny tenham validade, pois o abuso doméstico acontecia longe de suas vistas, a portas fechadas com a vítima tentando se defender do agressor. “Heard amou Sr. Depp em seu primeiro ano com ele, no qual ele estava limpo e sóbrio. Quando ela tomou conhecimento do ‘Monstro’ (forma como o ator se referiu a si mesmo quando se comporta de forma diferente), já estava muito apaixonada e comprometida, e tentou fazer o relacionamento funcionar”. A advogada também rebateu as alegações de Depp ao dizer que era Amber quem batia nele, afirmando que para isso ela precisaria ter um corpo cujo peso fosse no mínimo de 115 quilos, e disse que a imagem que ele criou como “cavaleiro do sul” não condizem com a forma como ele adjetivou Amber desacreditando-a como mulher.