Johnny Depp pede anulação do processo de Amber Heard contra ele

Amber Heard e Johnny Depp
Amber Heard e Johnny Depp (Reprodução/ Youtube)

A batalha entre Johnny Depp e Amber Heard parece não ter fim. O ator agora está pedindo que o juiz anule o andamento de um processo movido pela atriz acusando-o de ter criado uma campanha difamatória contra ela, que inclusive teria incitado seus fãs a pedirem que ela saísse da sequência do filme Aquaman.

Depois de dias diante de um juiz no Reino Unido, devido ao processo movido por Johnny Depp contra o tabloide britânico The Sun, que o havia chamado de ‘espancador de mulheres’ numa capa, o casal deveria voltar a se sentar no banco dos réus devidos aos mútuos processos que movem um contra o outro.

O processo movido por Depp contra Heard, só será julgado no ano que vem depois de vários atrasos por conta da COVID-19, e conforme solicitação do próprio ator para que pudesse gravar o filme Animais Fantásticos e Onde Habitam 3. Já o processo movido por Heard, aberto em agosto, será julgado em novembro e é este que Depp pede anulação. Nas páginas, a loira diz que foi alvo de difamação, além de falsas declarações atribuídas a ela nas redes sociais.

Segundo o site Court House News, os advogados de Johnny argumentam que todo o processo é movido a opiniões e achismos de Heard, e que não teria validade legal. Nas páginas do mesmo, constam anexadas mensagens que Depp teria enviado para ela dizendo que queimaria sua carreira, mas como foram feitas em mensagens privadas, não constituem difamação.

Como o processo movido por Heard é julgado na Virginia, nos Estados Unidos, o ator não precisaria se ausentar das gravações do longa do universo de Harry Potter, que será filmado no Reino Unido, caso ele fosse rejeitado por um juiz, porém caso haja prosseguimento, Johnny deve tentar também uma moção para atrasar as audiências.

ankara escort