Johnny Depp? Saiba quem pode retornar para ‘reboot’ de Piratas do Caribe

Piratas do Caribe (Divulgação)

A Disney está fazendo de tudo para continuar a franquia Piratas do Caribe mesmo depois críticas não muito entusiasmadas, e bilheterias consideradas fracas para a empresa. O episódio A Vingança de Salazar, lançado em 2017 faturou 795 milhões de dólares em bilheterias em todo o mundo, algo que para a Casa do Mickey Mouse ficou aquém do esperado, levando em conta que os dois filmes anteriores conseguiram somar mais de um bilhão de dólares cada um.

Com isso, o próximo filme de Piratas do Caribe se encontra atualmente em processo de roteirização sendo escrito pelo criador da série Chernobyl, Criag Mazin, e por Ted Elliot, veterano nos scripts da franquia. Boatos dão conta que a nova história é uma leve reinicialização com o papel principal a por conta de uma pirata mulher. Essa decisão criativa foi motivada pelo afastamento de Johnny Depp do papel principal devido aos processos de agressão que estão sendo movidos contra ele por parte de sua ex-esposa Amber Heard. Conta também o fato de os fãs terem pedido sua cabeça, com ameaças de boicote ao filme.

Mas pensando nos lucros a Disney pode até arriscar a trazê-lo de volta a bordo. De acordo com o site We Got This Covered, o estúdio também está considerando trazer Orlando Bloom de volta como Will Turner, assim, o filme teria pelo menos um membro do elenco original caso nada fique decidido de forma positiva em relação a Depp.

Pelo que se entende, o grande medo da Disney é reiniciar a série, e fazer com que o público perca o interesse, coisa que aconteceu com franquias que foram reiniciadas várias vezes como X-Men e Terminator. Depp atualmente, luta com seus advogados para provar que era vítima da ex-esposa, que relatou em gravação, agredi-lo também. Segundo os profissionais, ela batia porque não aceitava o desejo dele de se separar.