Cineasta e autor falam sobre criança malvada de Artemis Fowl, novo filme da Disney

Vem aí Artemis Fowl: O Mundo Secreto, novo filme da Disney, que adapta os livros de Eoin Colfer. O enredo gira em torno de Artemis, único herdeiro da família Fowl, e que aos 12 anos é dono do maior Q.I. da Europa. Porém, sua inteligência não é usada para o bem, muito pelo contrário. Considerado uma espécie de espião, ele descobre um mundo das fadas, e consegue roubar um livro especial, com toda a história daqueles seres e seus poderes.

Esperto ele consegue desvendar a linguagem das fadas, e arma um plano para roubar a fortuna secreta das fadas, que está muito bem escondida. E ele faz isso pedindo o resgate de um dos principais elfos de lá. Em um novo vídeo de bastidores o autor dos livros, e o diretor do filme Kenneth Branagh (de Assassinato no Expresso do Oriente) falam sobre a trajetória do protagonista.

No filme, a família Artemis é reconhecida por pertencer ao crime organizado, e cabe ao menino dar prosseguimento ao legado dos seus. Ao sequestrar um elfo, ele acaba sendo perseguido pela perigosa polícia das fadas.

“Artemis Fowl é um personagem emocionante e diferente. Ele tem 12 anos, e uma mente completamente criminosa. Ele é como James Bond vilão, que descobre uma tecnologia para dar acesso a um novo mundo. Os livros são emocionantes, e ele viaja para mundos diferentes e alguns bastante fantásticos. Jim criou os sets de filmagens do zero, e tenho a sorte de ter um elenco extraordinário incluindo Judi Dench, Nonso Anozie, o incrível Colin Farrell. Estou muito ansioso para que o público se incline sobre essa história”, disse o diretor do longa.

Já Colfer, o autor, revelou de onde surgiu a ideia dos livros: “Me apaixonei pela ideia de uma criança ser um vilão. Deu um clique na minha cabeça, e estou aqui oito livros depois e com dez milhões de cópias vendidas. Estou muito emocionado por Kennet Branagh ter se envolvido. É quase bom demais para ser verdade”. O filme tem previsão de estrear em maio.