Kevin Hart teve COVID, mas não quis revelar por causa de Tom Hanks; entenda

Kevin Hart (Reprodução)

O comediante Kevin Hart revelou em um evento no fim de semana que testou positivo para a COVID-19 ainda no início da pandemia. Ele se apresentou num festival de stand-up chamado An Intimate Socially Distanced Affair, de Dave Chapelle, e falou que não disse nada publicamente sobre a doença, porque ninguém ligaria, já que todos estavam preocupados com Tom Hanks, que é mais famoso que ele.

“O problema é que eu estava com Covid na mesma época que Tom Hanks e não pude dizer nada porque ele é mais famoso do que eu”, disse ele segundo o site Page Six. Hanks e sua esposa Rita Wilson foram as primeiras pessoas famosas a testarem positivo para o coronavírus, seguidas de Idris Elba.

O festival de Stand up ao ar livre, feito por Dave Chappelle contou com investimento de cerca de 100 mil dólares em testes rápidos de COVID para as pessoas que comparecessem. O ator relembrou em entrevista recente a polêmica que se envolveu há alguns anos quando tweets antigos dele foram desenterrados, e ele mostrava um claro preconceito contra LGBT’s. Ele disse que as pessoas, inclusive amigos sentiram tão tristes com ele na época, que ele passou a compreender melhor toda a situação, e o quanto afetou ele não ter pedido desculpas, na hora certa. Na ocasião, campanhas foram feitas para que ele não apresentasse a premiação do Oscar.

“Acho que minhas desculpas por meus comentários anteriores teriam vindo antes, em vez de eu pensar que as pessoas ainda tinham a ideia errada, eu teria dito: ‘Olha, quero dizer que sinto muito, mais uma vez, e quero que as pessoas entendam que não me sinto assim. Essas são observações antigas e eu não me sentia realmente assim. Eu estava procurando por uma risada, e pensei que esse era um caminho para isso, sem perceber a dor e a mágoa que isso poderia causar. Seguindo em frente nos últimos 10 anos, não fiz nada remotamente perto e, no futuro, nunca farei. Não sou defensor de nenhum tipo de violência, de forma alguma’”, disse.