Linda Cardellini fala sobre Tom Hardy e sua personagem em Capone

Linda Cardellini e Tom Hardy em Capone (Imagem: Divulgação)

Além de estrelar a elogiada segunda temporada de Disque Amiga para Matar na Netflix, Linda Cardellini pode ser vista em Capone, filme dirigido e escrito por Josh Trank (Poder sem Limites), que foi lançado em VOD nos Estados Unidos no dia 12 de maio. Em entrevista concedida ao The Hollywood Reporter, a atriz falou sobre o novo longa, seu colega de elenco, Tom Hardy, e sua personagem.

No drama, Cardellini dá vida à Mae Capone, a esposa do lendário gangster Al Capone, interpretado por Hardy. A atriz conta que em uma das cenas de confronto precisou dar um tapa no protagonista, mas ficou receosa com a situação e disse que não queria bater com muita força. “Fiquei aterrorizada. Não queria dar um tapa nele, mas ele disse: ‘Vá em frente’, então eu fiz”, contou. “Foi um tapa bem desagradável, e tivemos que fazê-lo várias vezes. Eu realmente o deixei com ele, e após cada tomada, eu olhava para ele e meu coração afundava. Eu dizia: ‘Você está bem?’ Mas, você sabe, ele é forte”.

Questionada sobre a sua personagem, uma vez que o filme não é uma cinebiografia tradicional, a atriz conta que tentou tirar o máximo que pode daquilo que sabem sobre a verdadeira Mae. “Eu adoro um mergulho profundo nas coisas da vida real, então, para mim, isso foi emocionante. E então, quando cheguei lá, Josh disse: ‘OK, jogue tudo pela janela. Não se preocupe. Estamos fazendo nossas próprias coisas’. Mas não se sabe muito sobre Mae. Tem essa foto dela saindo do barco para a ilha de Alcatraz e outras fotos realmente interessantes dela. E quem ela parece ter sido foi fascinante para mim porque ela não é bem conhecida. Ela nunca deixou ninguém entrar”, revelou.

Cardellini acrescentou: “Existem várias histórias sobre como eles se juntaram. Se foi ou não um casamento arranjado por sua mãe porque não era ‘ realmente o bebê dela, ou se era realmente deles e eles estavam apaixonados, há todos os tipos de histórias interessantes sobre quem ela era. Segundo muitos relatos, ela era religiosa, frequentava muito a igreja e vinha de uma família irlandesa-americana. Apenas uma mulher inteligente. Ela era um ano mais velha que ele também – o que não era necessariamente tão comum naquela época – e eles nunca tiveram outro filho. Foi fascinante mergulhar nisso e, ao crescer na área da baía, onde Alcatraz está, você sempre ouve as histórias de Al Capone”.

O filme gira em torno da história do lendário gangster ao 47 anos, dez anos depois de sua prisão. Uma vez muito temido, o criminoso e empresário começa a sofrer demência, devendo encarar os fantasmas do passado. Memórias sobre sua origem violenta, lembranças angustiantes e brutais se misturam com o presente. Ao mesmo tempo que lida com a aproximação do FBI, Capone passa os dias junto da família encarando a doença e ainda precisa tentar recordar onde escondeu milhões de dólares.

Além de Hardy e Cardellini, o elenco ainda conta com Kyle MacLachlan (Twin Peaks), Matt Dylon (Crash: No Limite), Jack Lowden (Dunkirk), Noel Fisher (Shameless), Kathrine Narducci (O Irlandês), Wayne Pére (A Grande Aposta) e Al Sapienza (House of Cards).

Assista ao trailer: