Macaulay Culkin abre o jogo e comenta acusações de pedofilia contra Michael Jackson

Macaulay Culkin
Ator Macaulay Culkin em cena de Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York (Imagem: Reprodução / 20th Century Fox)

Há muitos anos, as acusações de pedofilia contra o cantor Michael Jackson se tornaram um dos assuntos mais comentados envolvendo o eterno rei do pop, que morreu em junho de 2009. Agora, o ator Macaulay Culkin, que foi envolvido como uma das supostas vítimas de Michael, comentou os boatos. Em conversa com a revista Esquire, para uma edição na qual foi capa, o ator esclareceu as discussões e deu sua versão dos fatos.

De acordo com Macaulay Culkin, que falou à luz do documentário, Leaving Neverland, o cantor nunca fez nada contra ele. Além disso, ele afirmou nunca ter visto o rei do pop fazer nada dessa natureza contra nenhuma criança. Na conversa, o ator deu detalhes sobre sua amizade com Michael Jackson. A relação de amizade entre eles foi alvo das mídias de entretenimento quando Culkin tinha por volta de 10 anos e era um astro dos cinemas.

Na época, Michael Jackson tinha 32 anos e se tornou alvo dos boatos. Entretanto, Macaulay Culkin destacou: “Olha, vou começar com essa fala – que não é uma fala, é a verdade: ele nunca fez nada comigo. Eu nunca o vi fazer nada. E, especialmente neste momento, eu não teria nenhum motivo para esconder algo”. Em outro momento, ainda na conversa com a Esquire, ele disse que contaria outros detalhes caso tivesse algo para contar.

“O cara está morto. Não vou dizer que seria estiloso ou algo do tipo, mas agora seria um bom momento para falar. E, se eu tivesse algo para falar sobre isso, eu totalmente faria isso. Mas não, eu nunca vi nada. Ele nunca fez nada”, explicou o ator Macaulay Culkin, famoso, durante sua infância, por atuar nos dois primeiros filmes da franquia Esqueceram de Mim, lançados, respectivamente, nos anos de 1990 e 1992.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.