Mad Max: Estrada da Fúria: George Miller fala sobre derivado da Furiosa

Mad Max: Estrada da Fúria (Imagem: Divulgação)

Há uns meses surgiram alguns rumores sobre o desenvolvimento do prelúdio de Mad Max: Estrada da Fúria, focado na Furiosa, personagem interpretada por Charlize Theron no quarto filme da franquia. Agora, o diretor George Miller comentou durante entrevista recente ao The New York Times sobre o andamento do projeto.

Já são cinco anos do lançamento do aclamado filme, que apresentou a Imperatriz Furiosa. Se depender de Miller, o derivado vai realmente sair do papel. O diretor confirmou os rumores, no entanto, o prelúdio não deverá contar com Theron. O longa será focado na personagem jovem e por isso, o cineasta está atrás de uma atriz na casa dos 20 anos para assumir o papel.

O diretor espera poder focar no projeto depois que ele finalizar a produção de “Three Thousand Years of Longing”, drama estrelado por Idris Elba e Tilda Swinton. O novo filme de Miller deveria estar em processo de filmagens, mas por causa da pandemia do coronavírus teve que ser adiado. “Então, depois que terminarmos, e esperamos que tudo se acalme com a pandemia, veremos o que o mundo nos permite fazer com a Furiosa”, disse o cineasta.

Miller também revela que escreveu junto com o também roteirista de ‘Estrada da Fúria’, Nick Lathouris, uma história aprofundada sobre a Furiosa. A ideia era escrever extensas histórias para todos os personagens, mas a personagem de Charlize Theron acabou recebendo a maior parte da atenção. O texto foi tão convincente, que a dupla decidiu escrever um roteiro sobre as origens da Imperatriz. “Pude ler quando fui escalada”, disse Rosie Huntington-Whiteley, que interpretou Splendid. “É genial. Eu sempre me perguntei se esse filme seria feito”.

Foi revelado que o designer de produção vencedor do Oscar, Colin Gibson, já está envolvido no projeto e o diretor de fotografia John Seale, que saiu da aposentadoria, também deve assumir a função no novo longa.

Mad Max: Estrada da Fúria foi lançado em 14 de maio de 2015 e arrecadou US$ 378 milhões nas bilheterias mundiais, com um orçamento de US$ 150 milhões. O quarto filme da franquia foi aclamado pela crítica e no Oscar 2016 recebeu dez indicações, saindo vitorioso em seis.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort