Mad Max: Estrada da Fúria: Rumor diz que George Miller planeja prelúdio sobre [descubra]

Mad Max: Estrada da Fúria (Imagem: Divulgação)

Mad Max: Estrada da Fúria, quarto filme da franquia lançado em 2015, apresentou a Imperatriz Furiosa, interpretada por Charlize Theron. Segundo um rumor divulgado pelo The Sneider Cut, podcast do Collider, a personagem pode ser o foco de um prelúdio do longa.

De acordo com o podcast, o diretor George Miller está planejando um filme que mostraria a Furiosa com cerca de 12 anos. Theron não deve participar do longa, que deve escalar uma jovem atriz para interpretar a personagem. O rumor ainda aponta Yahya Abdul-Mateen II (‘Aquaman’, ‘Watchmen’) como o protagonista masculino da produção. O intuito é que o prelúdio seja desenvolvido após Miller terminar seu trabalho com Three Thousand Years of Longing, longa que está em pré-produção. Apesar disso, a nova trama ainda não foi confirmada pelo cineasta e, por isso, a informação é apenas um rumor, por enquanto.

A Imperatriz Furiosa foi apresentada em Mad Max: Estrada da Fúria, filme que arrecadou US$ 375 milhões nas bilheterias mundiais, com um orçamento de US$ 150 milhões. Na trama, a personagem de Charlize Theron é um capitã de Immortan Joe que inicia uma intensa e perigosa jornada com o intuito de salvar um grupo de garotas do vilão. Furiosa acaba cruzando o caminho de Max Rockatansky, vivido por Tom Hardy.

O quarto filme da franquia Mad Max foi aclamado pela crítica, se tornando referência do gênero ação. No Oscar 2016 recebeu 10 indicações e venceu 6. No Rotten Tomatoes, por exemplo, possui uma aprovação de 97%, com base em 412 avaliações. O consenso diz: “Com ação emocionante e uma quantidade surpreendente de peso narrativo, Mad Max: Estrada da Fúria traz a franquia pós-apocalíptica de George Miller rugindo vigorosamente de volta à vida”.

Confira alguns comentários da crítica:

“Mesmo depois de duas visualizações, sinto como se tivesse arranhado a superfície de Mad Max: Estrada da Fúria. A fantasia de ação de George Miller é espantosamente densa para um espetáculo de grande orçamento, não apenas em imagens e ideias, mas na complexa interação entre eles.” – Ben Sachs, Chicago Reader.

“A Estrada da Fúria também é um dos melhores filmes de ação da década, um juízo punk com invenção maníaca e humor depravado em exibição em todos os quadros.” – Alex Pappademas, Grantland.

“Miller tem a distinção dúbia de essencialmente criar o gênero de ação pós-apocalíptico e, neste filme, ambientado cerca de 40 anos após a queda do mundo, ele se supera.” – Peter Rainer, Christian Science Monitor.

“Mesmo nas brigas e colisões mais caóticas, tudo faz sentido. … E o Sr. Miller demonstra que o grande cinema de ação não é apenas uma questão de física, mas também de ética. Há causa e efeito; existem escolhas e consequências.” – A.O. Scott, New York Times.

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.