Mad Max: Estrada da Fúria: Tom Hardy e Charlize Theron falam dos conflitos no set

Charlize Theron e Tom Hardy em Mad Max: Estrada da Fúria (Imagem: Reprodução)

Dirigido por George Miller, Mad Max: Estrada da Fúria foi lançado em 2015 e se tornou um sucesso de crítica. No entanto, para chegar ao resultado aclamado, a produção enfrentou alguns problemas nos bastidores. Os protagonistas do quarto filme da franquia, Tom Hardy e Charlize Theron, revelaram recentemente os conflitos que os dois enfrentaram do set.

Um dos detalhes que mais geraram desconforto na dupla foi a a natureza técnica e complexa das filmagens. “Por causa da quantidade de detalhes que estávamos tendo que processar e do pouco controle que havia em cada nova situação, e da rapidez com que as tomadas eram – pequenos trechos de momentos da história eram necessários para fazer o corte final funcionar – nos movemos rapidamente e às vezes era esmagador”, contou Hardy ao The New York Times [via ComicBook]. “Era preciso confiar que a imagem maior estava sendo mantida unida”.

Outro fator importante para a tensão foi o fato de que Tom Hardy estava assumindo o papel que Mel Gibson interpretou na trilogia original. “Em retrospecto, eu não tinha empatia suficiente para entender realmente, verdadeiramente, como ele deve ter se sentido ao entrar no lugar de Mel Gibson”, confessou Theron. “Isso é assustador! E acho que, por causa do meu próprio medo, estávamos erguendo barreiras para nos proteger, em vez de dizer um para o outro: ‘Isso é assustador para você e também para mim. Vamos ser gentis um com o outro’. De uma maneira estranha, estávamos funcionando como nossos personagens: tudo era sobre sobrevivência”.

Hardy acrescentou: “A pressão sobre nós dois era esmagadora às vezes. O que ela precisava era de um parceiro melhor, e talvez mais experiente. Isso é algo que não pode ser falsificado. Gostaria de pensar que agora que sou mais velho e mais feio, eu poderia enfrentar melhor aquela situação”.

Apesar das tensões nos bastidores, Mad Max: Estrada da Fúria foi um sucesso e recebeu diversos elogios. No Oscar 2016 recebeu dez indicações e saiu vitorioso em seis.

Reveja o trailer:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort