Madelaine Petsch, de Riverdale fica pê da vida, e defende colega de trolls na internet

Toni (Vanessa Morgan) em Riverdale
Toni (Vanessa Morgan) em Riverdale (Reprodução)

Amiga de verdade defende a outra dos posts de trolls na internet, e foi isso o que Madelaine Petsch fez ao perceber que a companheira de Riverdale, Vanessa Morgan estava recebendo ataques gratuitos na internet após anunciar a gravidez. Na série adolescente do canal The CW (e exibida no Brasil pela Warner Channel), as duas foram o casal Cheryl e Toni.

Vanessa anunciou na última semana que estava grávida de seu primeiro filho, e aproveitou a ocasião para anunciar o sexo do bebê: um menino. Poucos dias depois, veio à tona a notícia sobre ela se estar se separando do marido, e pai de seu filho, o jogador Michael Kopech, arremessador do Chicago White Sox.

Segundo a matéria publicada pelo jornal Chigado Tribune na última segunda-feira, 27 de julho, Kopech teria pedido o divórcio em junho, e os documentos já teriam sido assinados sem a necessidade de chegar a um julgamento. Com isso, ficou claro o motivo pelo qual o atleta não apareceu em nenhuma das fotos da atriz sobre a gravidez.

Com isso, os fãs dele, e do time pelo qual ele joga, foram até o perfil de Morgan atacá-la. Um homem pediu: “Pare de desrespeitar nosso arremessador”, seguido de outros que falavam mal da atriz de 28 anos. Petsch então começou a sair em defesa da amiga e responder essas pessoas: “Honestamente, se eu ver mais um comentário como esse, vou ficar louca. Vanessa é uma mãe linda de ser e o ódio e desrespeito que estou vendo neste post sobre ela trazer uma nova vida a este mundo é nojento. Vocês precisam de limites”.

“Onde está seu marido, ele fugiu?”, perguntavam outros usuários do Instagram, e outros eram irônicos: “Que ótima hora para se separar”. Michael e Vanessa se casaram no início deste ano, e tiveram Madelaine como madrinha.

ankara escort