Mais um nome é confirmado na nova versão de Gossip Girl para o HBO Max

Emily Alyn Lind
Emily Alyn Lind (Divulgação)

De acordo com o Deadline, Emily Alyn Lind (Doutor Sono) foi escolhida para um dos papéis principais da nova versão de Gossip Girl, a produção será destinada ao HBO Max, futuro serviço de streaming da Warner Media.

Na nova versão da série inspirada nos livros de mesmo nome escritos por Cecily Von Zegesar, a atriz fará o papel de Audrey, que em vista dos eventos da trama passa a questionar seu relacionamento de anos.

Esta nova série não será propriamente um reboot, mas uma espécie de continuação já que a nova versão se passará no mesmo universo de Gossip Girl original, assim, acompanhando uma nova geração de estudantes de elite em Nova York. 

Os produtores originais Josh Schwartz e Stephanie Savage retornarão à nova série, enquanto a atriz Kristen Bell também volta para o papel de narradora (A Gossip Girl) da versão do HBO Max.

A possível participação de algum membro do elenco original permanece um mistério. Sem data de estreia, a produção terá dez episódios e deve ser uma das atrações do serviço de streaming que estará disponível a partir de maio deste ano nos Estados Unidos e maio de 2021 no Brasil.

O ator Chace Crowford, que na versão original da série interpretou Nate Archibald já revelou em entrevista ao programa Watch What Happens Live with Andy Cohen, no ano passado, que apesar de não ter interesse em voltar ao personagem que o consagrou teria interesse de fazer parte do elenco da nova produção.

“Ninguém me chamou, fiquei chateado… Estou provocando, é ótimo. Eu voltaria para ser um pai. Seria legal”,afirmou. Já em outra ocasião, o astro manifestou a vontade de integrar o elenco do reboot. Questionado pelo Digital Spy sobre a possibilidade do galã fazer parte do time da produção, ele respondeu que “com certeza”.

 

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.