Jennifer Lopez em “As Golpistas” (Reprodução)

Baseado em fatos reais, o novo filme da cantora e atriz Jennifer Lopez, As Golpistas, conta a história de um grupo de strippers que monta um esquema para enganar e roubar ricos empresários de Wall Street. Nos últimos dias, a Malásia tomou uma atitude polêmica com relação à produção.

O conselho de filmes do país decidiu banir o longa e proibir sua exibição nos cinemas. O motivo seria que “As Golpistas” não seria considerado adequado para “visualização pública” pelos representantes do governo, devido a diversas cenas contendo seios à mostra, dança erótica, uso de drogas e no geral excesso de conteúdo obsceno.

O distribuidor Square Box Pictures usou as redes sociais para dar a triste notícia: “Lamentamos sinceramente a inconveniência que isso causa aos nossos seguidores, fãs do filme, mídia e parceiros. Apreciamos todo o apoio e carinho dos fãs do cinema por esse título, e a perda é toda nossa. Nossas sinceras desculpas por tê-los decepcionado”.


Veja Também


Autoritarismo

Esse é o segundo caso de censura registrado nos últimos meses. O filme “Rocketman”, biografia do cantor e compositor britânico Elton John e estrelado por Taron Egerton, Jamie Bell e Richard Madden foi exibido tanto na Rússia quanto na própria Malásia sem as cenas de sexo gay entre Taron e Madden. Na época, Egerton usou as redes sociais para se desculpar pelo ocorrido e criticou não ter sido avisado com antecedência para que pudesse ter lutado contra a decisão.

Com direção de Lorene Scafaria e elenco formado por Constance Wu, Lili Reinhart, Keke Palmer, Julia Stiles, Cardi B and Lizzo, “As Golpistas” é inspirado no artigo da revista New York Magazine publicado em 2015, sobre um grupo de mulheres que usam e abusam dos cartões de crédito dos seus clientes logo após a crise financeira de 2008 ter atingido em cheio a boate na qual trabalham. O longa estreia nos cinemas brasileiros em 5 de dezembro.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui