Marvel deve produzir série de X-Force para a Disney+

X-Force
X-Force (Reprodução/Instagram – Marvel)

Não param as especulações e esperas sobre novas produções para o serviço de streaming da Disney, o Disney+. Após a união de franquias e conglomerados de mídia e entretenimento nos últimos anos, aumentaram as expectativas sobre os rumos de serviços e produtos de grande consumo do público. A atenção agora está voltada para a X-Force, equipe fictícia de super-heróis da Marvel.

De acordo com informações divulgadas pelo site We Got This Covered, a Marvel planeja transformar os heróis dos quadrinhos em uma série de baixa classificação (nível PG-13, segundo marcação dos Estados Unidos). Isso quer dizer que a série seria ranqueada como não recomendada para menores de 13 anos de idade, bem longe do que se esperava antes com o possível filme pretendido pela Fox antes da fusão com a Disney.

Anteriormente, cogitava-se a produção de um filme com classificação superior, voltado para o público maior de idade. Assim como no caso do cancelamento do filme, as informações sobre a suposta série correm nos bastidores e ainda não chegaram a circular oficialmente.

Também não foi divulgada uma suposta data de início para a produção. Se a produção for confirmada, a Marvel também precisará acertar outras questões, como uma esperada presença de Ryan Reynolds em seu papel como Deadpool, cujo nome verdadeiro é Wade Wilson. Na trama, o personagem de Reynolds aparece como recrutador e líder da X-Force, reunida com intuito de agir em missões mais agressivas e perigosas.

Em janeiro deste ano, a informação do cancelamento do filme até então aguardado pelo público chegou por fontes distintas e sem muita certeza, como o quadrinista e cocriador de Deadpool Rob Liefeld.

Ele expressou seu descontentamento com a situação, concretizada depois, por meio de uma mensagem na rede social Twitter. “Expressamos nossos sentimentos pela velha X-Force. Vítima da fusão. Conseguiria US$ 800 milhões facilmente”, disse Liefeld.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.