Mattson Tomlin revela processo de desenvolvimento de Power, da Netflix

Jamie Foxx e Dominique Fishback em Power (Imagem: Divulgação/ Netflix)

Lançado no último dia 16, Power é estrelado por Jamie Foxx, Joseph Gordon-Levitt e Dominique Fishback. O novo longa de suspense e ação da Netflix conta com roteiro de Mattson Tomlin, co-roteirista de The Batman. Em entrevista concedida ao The Hollywood Reporter, o cineasta compartilhou como foi o desenvolvimento da história. Desconhecido do público, o profissional ganhou destaque quando foi anunciado que ele estava por trás do roteiro do novo filme da DC/ Warner junto com Matt Reeves.

Além do recente trabalho na Netflix, o roteirista também é o responsável por escrever Little Fish, romance de ficção cientifica que teve o lançamento adiado devido a pandemia do coronavírus. Tomlin ainda se reúne mais uma vez com os diretores de Power, Ariel Schulman e Henry Joost, para adaptação cinematográfica do videogame Mega Man.

“Eu escrevo o dia todo. Definitivamente sou um workaholic”, disse o roteirista, que reconheceu como Hollywood está projetada para abrir as portas para homens brancos e héteros, como ele. Por isso, ele longa da Netflix ele priorizou uma jovem negra como personagem principal. “Percebi que havia muito poucos – assustadoramente poucos – grandes e divertidos filmes de ação que tivessem jovens negras no centro”.

Tomlin ainda revelou como surgiu a ideia do filme. “Eu escrevo cerca de 10 roteiros por ano”, contou. “Eu tinha conseguido alguns shows aqui e ali, mas realmente saiu deste lugar onde eu estava escrevendo roteiros, e os roteiros que eu estava escrevendo não eram necessariamente filmes. Então, em algum ponto, algo me ocorreu e eu pensei, ‘Eu realmente preciso começar a pensar em escrever filmes reais, e não apenas em roteiros interessantes para ler’.  Seguidamente escrevi  Power e este outro filme, Little Fish , que espero sair ainda este ano. Eles basicamente filmaram ao mesmo tempo, então é estranho que eles tenham sido escritos tão próximos”.

O roteirista acrescentou: “Comecei a escrevê-lo no final de 2016, terminei no início de 2017, uma primeira passagem. Foi rápido. Vendemos para a Netflix em outubro de 2017, e estávamos em produção em outubro de 2018. É uma reviravolta muito, muito rápida. Foi um turbilhão incrível de ficar sentado em um café fazendo isso sozinho para, de repente, chegar o primeiro dia de produção e eu estou cercado por 400 pessoas que estão fazendo este filme”.

Power gira em torno das consequências de uma perigosa pílula, que dá poderes inesperados aos seus usuários durante cinco minutos. Ambientada em Nova Orleans, a trama acompanha um ex-soldado, um policial local e uma jovem traficante, que se unem para ir atrás do criador da droga e recuperar a filha sequestrada de um deles.

“Eu sabia que havia esse problema com a pílula. Essa foi a primeira parte para mim. Você não pode escolher seu poder. Havia algo que parecia realmente elétrico, realmente palpável nisso. A hora chegou um pouco mais tarde”, revelou Mattson Tomlin. “Por um tempo foi: ‘você toma essa pílula e pronto? Mas tudo bem, quanto tempo isso dura?’ Se durar uma hora, OK, esse é um certo tipo de filme – mas quando comecei a pensar sobre os verdadeiros obstáculos pelos quais os personagens teriam que passar,  e se tornou essa coisa de, ‘Quanto mais curto dura, mais divertido'”.

Assista ao trailer:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

ankara escort