Médico revela que causa da morte da atriz Brittany Murphy ainda é um mistério

Brittany Murphy
Brittany Murphy (Reprodução)

A atriz Brittany Murphy morreu no ano de 2009, mas hoje mais de dez anos depois, alguns detalhes sobre o caso ainda permanecem no escuro, como a causa do falecimento. A estrela que esteve presente em filmes como As Patricinhas de Beverly-Hills (Clueless) foi palco de uma nova discussão levantada pelo jornal britânico MetroUK, que noticiou que o médico legista responsável pelo exame no corpo da artista, ainda tinha dúvidas sobre as circunstâncias envolvendo o caso.

Cyrill Wencht, o tal médico está participando de um documentário e teria colocando em foco todas as suas dúvidas sobre as causas oficiais da morte. O filme ganhou o nome de Brittany Murphy: An Id Mystery (Brittany Murphy: Uma identidade misteriosa, em tradução livre).

O profissional questiona a versão oficial do obituário, e não concorda com as causas apresentadas como anemia, uso excessivo de medicamentos controlados, e pneumonia, versão que ele contesta. Wecht foi contratado pelos familiares da atriz que não se conformaram com a morte e pediram ajuda para que ele usasse sua expertise médica para investir tudo o que pudesse a respeito.

“O que chama atenção para mim é o fato de ser uma jovem mulher de 32 anos. Como ela pode ter chegado a um estado tão intenso de pneumonia e a tamanha deficiência de ferro?  Por que ela não recebeu os devidos tratamentos médicos? Isso tudo é intrigante para mim”, disparou ele em entrevista ao jornal.

“Ela tinha todos os recursos financeiros possíveis para ir a um médico e estava fazendo uso de medicamentos muito pesados. É algo que me deixa perplexo”, completou ele levantando a hipótese de Murphy ter sido envenenada, devido aos 10 diferentes tipos de medicamentos encontrados em seu organismo. “Não é possível descartar nenhuma possibilidade, é preciso responder algumas perguntas que parecem não terem sido realmente respondidas”. O marido de Murphy, Simon Monjack foi encontrado morto seis meses após o óbito dela, por suposta overdose de medicamentos controlados.

Comentários