Meghan Markle e Príncipe Harry dão mais um desgosto para a rainha

Principe Harry e Meghan Markle
Principe Harry e Meghan Markle (Reprodução)

Segundo um jornal britânico, Meghan Markle e o Príncipe Harry pela primeira vez vão deixar de lado as tradições natalinas do palácio britânico, e ficar em sua própria mansão em Los Angeles, esnobando toda a pompa oferecida pela rainha Elizabeth. Segundo a publicação, o produtor musical canadense Foster, de 70 anos tem ajudado o casal a reconstruir sua nova vida longe do Reino Unido. Sua esposa Katherine McPhee, 36 anos mais nova, era amiga de Meghan na Immaculate High School em LA. McPhee foi uma das vencedoras de o American Idol, e estrelou a série musical Smash, e revelou que o marido e tem uma linda relação com Harry: “Eles são muito fofos, como pai e filho”.

Foster se casou cinco vezes e já foi casado com Yolanda Hadid, mãe das modelos Gigi e Bella, e com a ex-mulher de Caitlyn Jenner, Linda Thompson. Uma fonte do tabloide afirmou que Meghan quer mesmo ser a anfitriã das comemorações de Natal em sua própria casa: “Meghan deseja muito hospedar o primeiro Natal em sua nova casa com sua mãe. Ela está muito animada e está planejando fazer todas as tradições com as quais cresceu quando criança, incluindo cozinhar. Eles também convidaram David e Katherine para passar com eles. David mencionou que Harry e Meghan vão para a casa deles, mas Meghan quer as comemorações em sua própria casa. Eles querem continuar com suas novas vidas. O Natal com a família de Harry não está nos planos”.

A ausência deles no ano passado foi refletida na transmissão do Dia de Natal da Rainha, quando Sua Majestade não incluiu Harry, Meghan e Archie entre os retratos de família em uma mesa ao lado dela. Meses antes, o casal havia recusado um convite da rainha para se juntar a ela em Balmoral, nas Terras Altas. E a notícia de que eles vão repetir a afronta neste Natal chega quando o duque enfrenta novas e contundentes reivindicações sobre sua rixa com o irmão William em um novo livro. O biógrafo real Robert Lacey escreve em Battle of Brothers que o vínculo entre os filhos da princesa Diana foi rompido pela maneira como os Sussex se separaram do palácio.