Membro de Queer Eye faz triste revelação sobre seu estado de saúde

Jonathan Van Ness (Reprodução)

Exibido pela Netflix, o reboot da série Queer Eye, agora na sua quarta temporada, se tornou um dos maiores fenômenos da tv nos últimos anos. Comandada pelo Fab Five, a produção ajuda homens e mulheres a mudarem de vida e melhorar a sua autoestima. Entretanto, uma recente revelação feita por um dos membros do elenco chocou os fãs.

O cabeleireiro e especialista em beleza Jonathan Van Ness contou ao jornal The New York Times, em entrevista exclusiva para divulgação da sua nova biografia “Over the Top, que é portador do vírus da AIDS. Segundo Jonathan, a doença foi adquirida durante um período extremamente conturbado da sua juventude, durante a qual foi abusado sexualmente e se tornou viciado em drogas.

O apresentador contou que foi diagnosticado aos 25 anos – ele agora tem 32 – após desmaiar no salão de beleza onde trabalhava e ser levado à uma clínica do serviço Planned Parenthood para se tratar do que ele imaginava ser uma gripe. “É muito difícil pra mim falar abertamente sobre coisas que eu nunca compartilhei publicamente. Essas são questões que precisam ser discutidas”, explicou.

O abuso ocorreu ainda na infância, por parte de um garoto mais velho que frequentava a mesma igreja da qual Van Ness fazia parte. “Para várias pessoas que são sobreviventes de abuso sexual quando pequenos, nossos traumas se tornam muito complexos“, contou ele, que encontrou abrigo no uso de drogas pesadas como metanfetamina, comprada com o dinheiro que deveria servir para pagar a faculdade.

Volta por cima

Quando o dinheiro da família se esgotou, Jonathan passou a frequentar chats como o Gay.com para se prostituir. O pesadelo, porém, parece ter realmente ficado para trás. Depois de encontrar sua verdadeira vocação como cabeleireiro, ele abandonou as drogas pesadas e se tornou uma das celebridades mais bem sucedidas de Hollywood.

Quanto à Queer Eye, a série foi renovada pela Netflix por mais 2 anos, e terá uma temporada especial ambientada no Japão que estreia na plataforma em novembro.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.