Mesmo com riscos, Netflix volta a filmar projeto de Ryan Murphy em Los Angeles

Ryan Murphy
Ryan Murphy (Reprodução)

O projeto de Ryan Murphy chamado The Prom voltou a ser filmado esta semana em Los Angeles, possivelmente o primeiro grande filme, já que a cidade está lutando para se recuperar dos danos causados pelo novo coronavírus. A filmagem supostamente pequena consiste principalmente em capturas para continuidade do material que ficou pendente. Nicole Kidman, Meryl Streep e James Corden não estarão envolvidos nesta nova captura, conforme uma fonte ligada à produção informou ao site Deadline.

Este é um dos dois projetos que Ted Sarandos, diretor da Netflix, mencionou na semana passada sobre filmar em Los Angeles, no Raleigh Studios. Faltavam apenas dois dias para que as gravações fossem concluídas, quando a pandemia obrigou a interrupção dos trabalhos. Esta é a segunda produção da gigante do streaming a retornar à produção, ainda neste mês o filme Hubie Halloween, de Adam Sandler, também passou por novos takes.

Pelo que foi informado pelo The Hollywood Reporter, The Prom será filmado por quatro dias consecutivos, e servirá segundo fontes ouvidas pelo veículo, como uma espécie de teste para a empresa, que teria desenvolvido seu próprio conjunto de protocolos de saúde e segurança. “A Netflix leva a sério o plano que eles elaboraram e está usando isso como teste para as outras produções”, garantiu uma pessoa ligada à produção.

A Netflix também está acelerando os planos de reiniciar a produção de outro filme, Red Notice, estrelado por Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds. Uma fonte disse que a plataforma, quer colocar suas câmeras nas ruas novamente em agosto. O longa estava sendo filmado em Atlanta, na Geórgia, antes de interromper a produção em meados de março. É provável que o elenco e a equipe tenham que ficar em quarentena durante as filmagens por cerca de 60 dias, embora os detalhes do plano possam mudar no próximo mês.