Mesmo sem provas, agência toma atitude contra ator acusado de assédio

Chris D'Elia em YOU
Chris D’Elia em YOU (Reprodução)

O ator e comediante Chris D’Elia, acusado de assediar menores de idade nas redes sociais, foi demitido pela agência de talentos da qual fazia parte, devido à repercussão dos casos. De acordo com o site The Wrap, a agência Creative Arts Agency and 3 Arts Management rescindiu contrato com D’Elia na última quarta-feira, 24 de junho.

A agência, no entanto, fez silêncio ao ser questionada oficialmente sobre o tema, que ainda é cheio de contradições, assim como os assessores do ator, que interpretou um pedófilo da segunda temporada da série YOU, da Netflix, e também era personagem fixo na sitcom Whitney.

As primeiras acusações contra D’Elia surgiram quando uma mulher de nome Simone de Ross compartilhou nas redes sociais uma série de prints que mostravam uma conversa entre ela e o comediante, em 2014, quando ela tinha apenas 16 anos. Nas conversas, ele pedia insistentemente fotos íntimas para ela. “Não acredito que ele foi escalado para viver um pedófilo em YOU. É uma espécie de ironia literal”, escreveu ela sobre as coincidências da situação.

“Imagine ter 16 anos e ser cortejada por um comediante de stand up com o dobro da sua idade, e a única razão de você não encontra-lo e ser molestada é porque você conseguiu um namorado da sua idade”, continuou ela. Nisso, outras garotas também tomaram coragem e contaram suas histórias envolvendo o ator. “Quando ele esteve hospedado no meu hotel dois anos atrás, pediu ajuda com um conversor de tomada. Mostrou as partes intimas para a mulher que foi atendê-lo. Depois tentou fazê-la entrar novamente no quarto”, escreveu outra. E uma terceira ainda contou que ele chegou a pedir nudes a uma amida, em sua passagem por Vancouver, no Canadá.

O próprio ator se pronunciou chamando de falsas as acusações contra si. “Todos os meus relacionamentos foram legais e consensuais e nunca conheci ou troquei fotos inapropriadas com pessoas que tuitaram sobre mim. Dito isto, eu realmente sinto muito. Eu era um cara burro que ABSOLUTAMENTE me deixava me levar pelo meu estilo de vida. A culpa é minha. Eu assumo. Estou refletindo sobre isso há algum tempo e prometo que continuarei a melhorar”.