Mesmo sendo impedida anteriormente, Winona Ryder deve aparecer em julgamento de Johnny Depp

Johnny Depp e Winona Ryder (Reprodução)

Cada dia que passa surgem novas polêmicas a respeito do julgamento de Johnny Depp, que move um processo de difamação contra o tabloide britânico The Sun por tê-lo chamado de ‘espancador de mulheres’. Tudo surgiu quando Amber Heard, ex-esposa do ator, divulgou um vídeo que o mostrava sendo agressivo com ela, seguido de diversas fotos onde ela aparecia machucada há alguns anos.

Agora, Winona Ryder, que foi namorada de Depp resolveu testemunhar a favor do ator para dizer que ele nunca foi violento com ela. Segundo o Page Six, a estrela de Stranger Things aparecerá por meio de um link ao vivo para defender o ex mesmo que anteriormente os advogados do jornal tenham tentado impedi-la de falar, assim como tentaram impedir Vanessa Paradis, que foi casada com Depp do final dos anos 90 até 2012, de testemunhar a favor dele.

Johnny Depp e Winona Ryder formaram par romântico no filme Edward Mãos de Tesoura, onde se conheceram, e passaram a namorar, formando um dos casais mais badalados no início dos anos 90. Ele chegou a tatuar ‘Winona Forever’ no braço, mas quando o namoro terminou ele alterou o texto para ‘Wino Forever’, o que foi motivo de mais uma confusão no tribunal na última semana.

Sasha Weiss, advogada do The Sun afirmou que Depp havia espancado Amber Heard por ela ter debochado da tal tatuagem, algo que ele afirmou que não existiu. “Não me lembro de nenhum argumento sobre nenhuma das minhas tatuagens”, disse o ator, que foi acusado de ser violento ao usar drogas, e revelou que nunca se descontrolou pelo uso de substâncias, algo que já faz desde a infância. Segundo ele, luta contra o vício desde sempre, e aos 14 anos, já tinha conhecido e experimentado todas as drogas criadas pelo homem, tendo iniciado seu vício roubando remédios que sua mãe tomava para controlar os nervos.