Michael B. Jordan quer melhorar Hollywood para gerações futuras

Michael B. Jordan (Divulgação/ Warner Bros)

Michael B. Jordan não quer ser apenas amado pelos seus personagens, mas relatou que deseja criar uma Hollywood justa e que agregue a diversidade nela. O ator quer que as gerações futuras não sofram preconceito, e falta de oportunidades como vem acontecendo há um século.

Defensor da justiça social, ele ficou cada vez mais eloquente em seus discursos depois do assassinato de George Floyd no início deste ano. De acordo com E!, Jordan disse em uma entrevista recente que deseja usar sua plataforma para capacitar as gerações futuras a “ver mais longe, falar mais alto, ser melhor”.

Ele explica como as pessoas o veem como um dos mais recentes ‘guardiões’ da indústria e quer usar esse papel como uma oportunidade para criar mudanças em Hollywood.

“E agora é como, como guardiões, a responsabilidade que temos de introduzir algum tipo de mudança quando se trata de produzir filmes e as histórias que contamos, como estamos promovendo a cultura, dando oportunidades a outros que poderíamos não ter, responsabilizando marcas e parceiros por serem progressistas”.

Mas quem acha que tudo não passa de uma falácia se engana, o ator decidiu abrir sua própria produtora para trazer novos talentos que o mainstream costuma não reconhecer. Segundo ele a Outlier Society, nome de sua produtora, tem como missão contar histórias impactantes que podem ser além de algo puramente físico, que é como as pessoas negras são vistas no cinema, em papéis como os que ele próprio ocupou.

“Muitas pessoas nos veem como inimigos públicos, apenas alguns nos veem como humanos, e ainda assim precisamos ser sobre-humanos para sobreviver”, desabafou ele em uma postagem no Instagram em maio. Michael B. Jordan viveu o vilão do filme Pantera Negra, Kilmonger, que tem uma história um tanto complexa. Depois de testemunhar o assassinato de seu pai, Kilmonger descobre que sua família era de Wakanda – um país próspero e isolado na África, nunca afetado pelo imperialismo europeu. A história de vingança de Killmonger decorre de saber que os negros sofreram séculos de escravidão, brutalidade e opressão, enquanto Wakanda desfrutava de uma riqueza de recursos que poderia tê-los ajudado.

ankara escort