Michael Cera não acreditava que seria boa escolha para Scott Pilgrim; saiba o motivo

Scott Pilgrim Contra o Mundo
Scott Pilgrim Contra o Mundo (Reprodução)

Foi em 2010 que o mundo conheceu o filme Scott Pilgrim contra o Mundo, baseado nas histórias em quadrinhos protagonizada pelo garoto que tinha uma banda do rock. No elenco do filme nomes que hoje brilham em superproduções como Chris Evans e Brie Larson, além de Michael Cera, que foi chamado pelo site ComicBook.com para contar o que mudou desde que deu vida a Pilgrim.

O ator havia dito anteriormente que adoraria fazer uma continuação mostrando como aqueles personagens estão hoje em dia. Ele explicou que enquanto os filmes baseados em quadrinhos hoje em dia recebem um orçamento bilionário, com seu longa não foi assim, e o enxerga mais como uma carta de amor aos fãs do que propriamente como uma máquina de fazer dinheiro em Hollywood: “Eu acho que parece como uma carta de amor ao livro ou aos quadrinhos em geral. Sinto que essa foi uma declaração, e uma missão de Edgar [diretor] quando ele quis desenvolver o projeto”.

Por falar, no diretor Edgar Wright, o mesmo havia dito anteriormente que quando começou a planejar o filme, tinha justamente Michael Cera em mente para viver o protagonista, e o ator explicou como iniciou a parceria.

Scott Pilgrim conta o Mundo
Scott Pilgrim conta o Mundo (Reprodução/ Youtube)

“Eu não sou um cara que lê quadrinhos, mas um amigo estava tão animado com esses quadrinhos que me fez ler tudo, o que se transformou numa grande vantagem, porque quando conversei com o Edgar, já estava familiarizado. Lembro que eu tinha 19 anos na ocasião, e por isso jovem demais para o papel, o que achei que não pudesse funcionar, mas Edgar disse: ‘Mas você está ficando mais velho, talvez não consigamos chegar imediatamente no que procuramos, mas talvez funcione’”, começou ele.

“Eu era um grande fã de Edgar e apenas animado para conhecê-lo. Eu o conheci, Nick Frost e Simon Pegg, todos em Toronto, todos na mesma noite. Todos eles estavam elogiando muito o Arrested Development, o que foi bom de ouvir porque não era tão conhecido no Reino Unido e eu realmente não sabia que as pessoas estavam assistindo. Foi assim que nos conhecemos e, em seguida, acho que alguns anos se passaram e continuamos conversando sobre isso e cada vez mais real até que aconteceu”, continuou o ator que disse que caiu de cabeça no projeto porque mesmo se sentindo novo demais para o papel, não se perdoaria caso perdesse a oportunidade. “Era diferente de qualquer outro trabalho que eu já fiz de tantas maneiras que era apenas uma grande aventura que parecia muito emocionante e impossível de deixar passar”, disparou.

bostancı escort