“Mindhunter” terceira temporada (Netflix/Divulgação)

Após quase dois anos de espera, uma das melhores produções originais da Netflix, Mindhunter, retorna para a sua segunda temporada. Criada pelo diretor David Fincher, a série explora a fundo a mente de alguns dos assassinos e psicopatas mais perigosos dos Estados Unidos entre as décadas de 70 e 80, quando o termo “serial killer” teve sua origem.

Jonathan Groff e Holt McCallany interpretam dois agentes do FBI alocados na Divisão de Ciência Comportamental que entrevistam famosos assassinos nas prisões em que cumprem pena na esperança de resolver casos similares ainda em aberto. A nova temporada irá explorar os assassinatos de 27 crianças, adolescentes e adultos afro americanos em Atlanta entre 1971 e 1981. Para solucioná-los os agentes recorrem, entre outros, ao lendário criminoso Charles Manson. “Nos anos 70, depois do Manson, depois do David Berkowitz, depois do Zodíaco, teve um momento… não sei se posso chamar de epidemia, mas houve um momento em que sentimos que as coisas fugiram do controle”, explicou Fincher ao Deadline. Essa será a atmosfera dos próximos episódios, que também usarão de música para definir o tom. “A trilha irá evoluir. O objetivo é dar suporte ao que está acontecendo na série e para que ela mude radicalmente entre temporadas“.

Desenvolvimento

Os casos de Atlanta são tão complexos, que o diretor compreendeu que seria necessário criar um momento especificamente para eles. “Você poderia fazer duas temporadas sobre os assassinados de Atlanta. É uma história gigante e trágica. Não poderíamos ter feito justiça a ela no fundo do que estava acontecendo nos primeiros 9 episódios“, explicou ele. Mindhunter retorna à Netflix em 16 de agosto. Confira as novas imagens na galeria abaixo:

 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui