Minha Mãe É Uma Peça 3 atinge novo recorde nos cinemas nacionais

Foto promocional para o filme Minha Mãe é Uma Peça 3, que tem o ator Paulo Gustavo no papel principal (Imagem: Divulgação)

O longa Minha Mãe É Uma Peça 3 acaba de conquistar mais um grande feito. O filme cravou mais um recorde nos cinemas nacionais. De acordo com dados revelados pela coluna do jornalista Lauro Jardim no jornal O Globo, o filme protagonizado por Paulo Gustavo, conseguirá, hoje, ultrapassar o número de espectadores do filme Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora É Outro, avançando no ranking de público.

Pelos novos dados a serem obtidos por Minha Mãe É Uma Peça 3, o filme vai se tornar o terceiro maior público já visto na história do cinema brasileiro. Segundo os números, eram 11,192 milhões de espectadores para a comédia até a última terça-feira (11). O longa estava distante de Tropa de Elite 2 por apenas 8,8 mil espectadores, já que o filme de José Padilha obteve um público de 11,204 milhões.

As projeções já eram indicadas desde o fim de janeiro, quando o filme havia batido a marca de 10 milhões de espectadores. Agora, Minha Mãe É Uma Peça vai ficar no terceiro lugar, atrás apenas de dois filmes da Record. Até o momento, o título de maior bilheteria pertence ao filme Nada a Perder (de 2018), dirigido por Alexandre Avancini e que traz a história do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal.

A marca registrada pelo filme é de 11,9 milhões de pessoas. O segundo lugar do posto ficou com o filme Os Dez Mandamentos (de 2016), também de Alexandre Avancini. O público registrado é de 11,3 milhões de espectadores. Apesar disso, um fator que se deve levar em conta é a polêmica que envolveu os filmes advindos da Record. Enquanto sessões eram apontadas como lotadas, informações reveladas à época dos dois filmes de Avancini davam conta de que as sessões estavam, na verdade, vazias.