Monstro do Pântano
Monstro do Pântano (Reprodução)

Um dos perigos de se apegar demais à uma série de tv é que ela sempre pode ser cancelada – às vezes nos piores momentos – e te deixar de coração partido. Foi exatamente isso que aconteceu com os fãs de Monstro do Pântano do canal DC Universe, que foi forçada a dizer adeus após uma única temporada.

Como já mencionado, isso acontece nas melhores famílias, porém quando um cancelamento chega assim de surpresa chances são de que o público ficará sem uma resolução apropriada para suas histórias e personagens preferidos. Sobre isso, o roteirista Gary Dauberman abriu o coração em recente entrevista ao Deadline.

Embora a primeira temporada tenha funcionado basicamente como um filme com começo, meio e fim e uma história contada no curso de 10 episódios, Gary afirma que gostaria de ter tido a oportunidade de trabalhar especificamente outros aspectos da adaptação.

Por água a baixo

O pântano é como uma pia de horror sobrenatural, e como você sabe, podemos seguir vários subgêneros do terror, e eu estava realmente empolgado para explorar isso na segunda temporada, e também mais contos de terror bizarros de quadrinhos mais antigos. A série teria ficado ainda mais esquisita”.

E ainda: “Enquanto a primeira temporada foi sobre o Monstro do Pântano, a segunda seria sobre seguir ideias mais estranhas, bizarras, profundas e nojentas”, declarou. O conceito é pra lá de interessante, e só confirma que todos saímos perdendo com o adeus antecipado.

Apesar das campanhas na internet, Monstro do Pântano não conseguiu ser adquirido por outro canal ou streaming para continuar sendo desenvolvida, e à essa altura as chances que isso aconteça são bem poucas. A série recebeu ótimas críticas durante sua breve vida na tv, e se tornou um dos grandes destaques do DC Universe.

Faziam parte do elenco Crystal Reed, Derek Mears, Andy Bean e Virginia Madsen.

 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui