Morgan Freeman é acusado de cometer assédio sexual contra várias mulheres

Mais um escândalo de assédio sexual em Hollywood. O ator Morgan Freeman é o acusado da vez, e as consequências podem ser as mesmas sofridas por Kevin Spacey recentemente.

Uma extensa investigação publicada pela CNN, com o testemunho de 16 pessoas envolvidas direta ou indiretamente, relatam diversas situações de assédio e conduta inapropriada por parte do ator.

O caso mais recente registrado teria acontecido nos sets do filme Going In Style, onde uma jovem assistente de produção teria sido vítima de constantes atitudes agressivas por parte de Freeman.

Contatos não desejados, comentários diários sobre o seu físico e tentativas de levantar a sua roupa são os principais incidentes cometidos pelo ator, segundo as vítimas.

Oito das pessoas contactadas na investigação afirmam ter sido vítimas desse tipo de comportamento em diferentes momentos, contextos e lugares.

Incluindo uma mulher do time de produção do filme Not You See Me (2012), onde Freeman teria assediado à ela e à sua assistente durante todo o período de filmagens, com comentários sobre os seus corpos se elas usavam roupas que revelavam demais os seus corpos.

Morgan Freeman tem 80 anos de idade, e teria mantido um comportamento inadequado nos sets de vários filmes, e também dentro de sua produtora, a Revelations Entertainment.

Não há sinais de agressões físicas e/ou sexuais mais delicadas, mas muitas denúncias sobre sua linguagem verbal, discriminação ocasional e assédio físico, atitudes mais que suficientes para manchar a imagem do ator.

Morgan Freeman já se defendeu das acusações em um comunicado, onde afirma que “qualquer um que me conhece ou que trabalhou comigo sabe que não quis intencionalmente ofender ou constranger qualquer pessoa. Eu peço desculpas para qualquer pessoa que tenha se sentindo desconfortável ou desrespeitada – nunca foi a minha intenção.”

 

Via CNN, THR

bostancı escort