Movimento #MeToo ajudou atriz a questionar cenas de nudez em GoT

Carice van Houten como Melisandre (Reprodução)

O movimento #MeToo ajudou muitas atrizes a denunciarem e lidarem com o assédio em Hollywood. Em uma entrevista para o Insider, Carice Van Houten, que interpretou a personagem Melisandre em Game of Thrones, comentou que os depoimentos das vítimas de assédio a ajudaram ter uma nova perspectiva sobre sua carreira e sua participação na famosa série da HBO.

Na entrevista, Carice afirmou: “Quando surgiu o movimento Me Too, foi quando começou a afundar para mim. E meio que mudou minha perspectiva sobre toda a minha carreira, não apenas em Game of Thrones. (…) Em retrospecto eu pensava ‘Por que aquela cena tinha que ter nudez? Por que isso é normal?’. Questionei algumas coisas e não que estivesse culpando alguém, mas apenas como evoluímos e como o movimento me afetou”.

Ela ainda relatou que essa nova visão de mundo a ajudou na produção do filme Instinto: “Me tornei muito consciente do olhar masculino, e isso também é algo que, durante o processo, eu e minha amiga e diretora Halina Reijn fizemos Instinto muito inspiradas por isso”.

Não foi só Carice Van Houten que foi afetada pelo movimento #MeToo, Emilia Clarke, a Daenerys Targarien, também contou sobre suas experiências com cenas de nudez de GoT. Ela disse em uma entrevista para o Armchair Expert: “[Atualmente] estou muito mais consciente com o que me sinto confortável, e com o que me sinto bem fazendo. Tive brigas no set antes, em que eu ficava meio ‘Não, ficarei com o lençol’, e eles respondiam algo como ‘Você não quer chatear seus fãs de Game of Thrones’. E eu ficava meio ‘vai se f*der’”.

Carice Van Houten é uma atriz e cantora que já ganhou três Golden Calves por seus papéis em Suzy Q, Kitty Undercover e Black Book. Ela também já atuou nos filmes Operação Valquíria e Repo Men.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

bostancı escort