Mulan: Diretora de fotografia explica as sequências de batalhas

Live Action de Mulan
Mulan (Imagem: Divulgação/ Disney)

Na contramão das ameaças de boicote,  o live-action de Mulan tem sido elogiado por seu visual grandioso e pelas sequências de ação. Dirigido por Niki Caro (Encantadora de Baleias), o filme traz Liu Yifei (O Reino Proibido) no papel da destemida Hua Mulan, que se disfarça de homem para assumir o lugar do seu pai doente no exército Imperial e assim provar o seu valor como grande guerreira.

Em entrevista recente concedida ao Collider, a diretora de fotografia Mandy Walker falou sobre as cenas de batalhas, que chamaram bastante a atenção no longa. A profissional, que desempenhou a mesma função em longas como “Estrelas Além do Tempo”, “Austrália”, “A Fera” e “A Garota da Capa Vermelha”, ainda explicou o principal tema da produção, que vai além da ação.

“Bem, acho que provavelmente não deveria apenas chamá-lo de filme de batalha porque o ponto crucial do filme é realmente sobre a jornada dessa mulher e a descoberta de seu poder interior. E para fazer isso, que ela se torne uma guerreira de elite e coisas assim”, explicou quando questionada sobre a relação do live-action com a animação.

Mulan é uma fábula da cultura chinesa

Walker acrescentou: “Mas definitivamente mudamos para o filme de animação por causa da narrativa. E também é uma história que existe há centenas de anos. É uma fábula da cultura chinesa, The Ballad of Mulan foi um poema escrito há centenas de anos. E então tem havido muitas iterações disso para eles, sejam filmes ou peças de teatro ou músicas ou qualquer outra coisa. Mas também tinha consciência de que o desenho animado era muito popular e amado por tantas pessoas. Então, para ver isso e ver por que, e então olhar para nosso projeto como uma nova entidade, uma nova maneira de levar Mulan a um público mais amplo, eu suponho, ao invés de apenas para crianças pequenas em termos de animação. Portanto, não tirei nenhuma referência visual do filme de animação, porque também começamos do zero em termos de fazer a linguagem visual do nosso filme”.

Sobre as batalhas, a diretora de fotografia contou que a Nikki Caro e ela queriam que fosse mais elegante. “[…] queríamos que as sequências de batalha não fossem apenas uma queda de caras caindo no chão e dublês. Nikki disse: ‘Quero que seja muito elegante’. E também o que eu sempre gosto – mais uma vez tive no fundo da minha mente o público é com ela durante tudo isso – porque Yifei é incrível e fez a maioria de suas acrobacias, não tivemos um dublê fazendo muitas coisas, para que eu pudesse focalizar todas as minhas câmeras nela”, revelou. “E íamos aos ensaios de luta e às cenas de batalha e às artes marciais, e elaborávamos uma maneira de a câmera se mover com ela e seus movimentos. Então eu tinha guindastes e cabeças que seriam capazes de fazer movimentos específicos com ela. Então nós a seguimos com a câmera, a câmera meio que dançando com ela, eu suponho, e levar o público com ela de uma forma muito elegante, ao invés de apenas ter violência e ação na frente das câmeras. Esse era o nosso objetivo”.

Assista ao trailer do live-action de Mulan:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.