Mulheres usam a internet para acusar artista de Batgirl de aliciar menores

Batgirl/Reprodução

Segundo uma matéria do site Legião dos Heróis, nesta semana, o artista Cameron Stewart foi acusado por aliciar menores. Stewart ficou conhecido por escrever e criar as capas das histórias da Batgirl a partir de Batgirl vol. 4 #35, de 2014. A primeira acusação surgiu da modelo Aviva Maï, que fez o relato do que aconteceu com ela através do Twitter.

“Ei, sabe aquela postagem sobre ser aliciada quando eu era adolescente? Estou falando sobre Cameron Stewart, o desenhista de HQs. Nos conhecemos quando eu tinha 16 e ele tinha 30 e poucos. Talvez 32? Foi em 2009. Nós flertamos por texto e nos encontramos. Em 2009. Quando eu tinha 16 anos. Nós continuamos ‘amigos’ por um longo tempo depois disso e às vezes ele me mandava mensagens dizendo que tinha perdido a chance de namorar comigo. Várias e desconfortáveis vezes. Demorou um bom tempo para perceber o que tinha acontecido, o que ele estava fazendo, e que nós nunca fomos amigos. Eu só estou postando isso porque ele já trabalhou em vários quadrinhos destinados a jovens meninas e mulheres, e eu quero que todos saibam que tipo de pessoa ele é. Nunca parecia ser o ‘momento certo’ de dizer isso, porque na verdade não há [um momento certo]. É isso. Agora vocês sabem”, contou Aviva Maï.

Em seguida, outras vítimas de Cameron Stewart começaram a aparecer, uma delas foi a cartunista e ilustradora Kate Leth. Ela revelou: “Tem mais informações aqui, mas quero dar apoio a Aviva e dizer ‘isso aconteceu comigo também’. Eu ainda tenho um desenho da Morte que ele fez para mim em um papel de hotel. Ele tinha 32. Eu tinha 19”. Na sequência, a atriz Natasha Negovanlis, que participou da websérie Carmilla, disse que tinha histórias similares mas não estava confortável em divulgá-las.

Por fim, a organizadora de eventos Andrea Demonako revelou que Stewart já era conhecido por suas atitudes e até foi expulso de sua cidade: “Era de conhecimento comum que Cameron Stewart era um predador, e ele basicamente foi expulso da cidade após irritar muitas pessoas. Eu já avisei várias mulheres para ficarem longe dele, múltiplas vezes”. Kate Leth acrescentou ao relato: “Ele literalmente se mudou para Berlim porque se queimou com todas as garotas de Montreal/Toronto. Ele disse isso para mim!”.

Cameron Stewart se recusou a comentar sobre as acusações e está mantendo todas suas redes sociais fechadas. Também não há notícias de que os casos estão sendo investigados.