Netflix toma decisão drástica sobre filmes e séries dublados

Netflix
Logomarca da plataforma norte-americana de streaming Netflix (Reprodução/YouTube – Netflix Brasil)

De forma geral, a indústria do entretenimento ficou devastada devido à pandemia causada pelo coronavírus. Enquanto Disney, MGM, Warner Bros, adiaram alguns de seus lançamentos, colocaram suas principais produções direto no streaming, e cancelaram eventos em todo o mundo, a Netflix parecia seguir intacta, já que o isolamento social, medida solicitada pela Organização Mundial de Saúde para tentar conter a transmissão do vírus, parecia não tê-la afetado.

Seu diretor de programação até chegou a dizer que a empresa estava tranquila quanto ao adiamento de algumas de suas séries originais, e que isso não atrapalharia o calendário de lançamento, mas parece que outra área dentro da gigante do streaming foi afetada: a dublagem. O conteúdo futuro lançado pela empresa não virá com a opção dublada.

Seguindo as orientações da OMS, os estúdios de dublagem em todo o mundo se encontram fechados, e a Netflix reforçando a recomendação, parou de encomendar os serviços desses profissionais alegando que está pensando na saúde deles. A falta da dublagem está sendo explicada diretamente na tela de alguns conteúdos como é o caso de Coffee & Kareem, que já conta com o aviso.

Filmes não dublados
Filmes não dublados (Reprodução)

Alguns dubladores brasileiros se manifestaram nas redes sociais em apoio à empresa. “Desculpem-nos mesmo pelo transtorno… Mas, a Netflix tem razão: Fazer o mínimo para ter o máximo, e priorizar nossas vidas (e a de vocês) para as nossas vozes seguirem sendo ouvidas! (…) Do anexo fixado junto do título recém-lançado “Coffee e Kareem” escreveu o artista de voz Wirley Contaifer em seu twitter. Erick Bougleux também fez o mesmo e escreveu: “Você é incrível Netflix Brasil”.

Mas não só os filmes foram afetados, outro serviço muito afetado pela falta da dublagem foram os videogames, que também ficaram impossibilitados de realizar seus lançamentos nas datas corretas, como é o caso de The Last Of Us 2.

 

Comentários