Netflix toma decisão drástica sobre versão brasileira de Queer Eye

Queer Eye
Queer Eye (Imagem: Divulgação)

Há uma tempo, foi divulgado que a Netflix está produzindo uma versão brasileira de Queer Eye. O projeto era algo secreto e segundo informações do site UOL, para evitar que novos vazamentos aconteçam a Netflix decidiu colocar multas enormes nos contratos dos participantes e dos contratados para apresentar o show.

De acordo com o site, caso alguma informação seja vazada, a pessoa terá que pagar uma multa de R$ 500 mil, e este valor aumentará para os contratados do programa. Em caso de vazamento de algo relacionado à produção do programa a multa pode chegar até a R$ 700 mil. Com isso, Netflix pretende evitar que não só informações sobre o programa sejam divulgadas, como também quem são os participantes, que já estão definidos.

Queer Eye é um reality show onde cinco apresentadores especializados em uma determinada área transformam o estilo e o ambiente de um homem. O programa é um reboot Queer Eye for the Straight Guy, que foi exibido no canal Bravo. A nova versão de Queer Eye estreou em 2018 e já conta com quatro temporadas.

Conhecidos como Fab Fives, os apresentadores do programa são Jonathan Van Ness, especialista em cuidados pessoais; Bobby Berk, especialista em design; Antoni Porowski, especialista em gastronomia;  Tan France, especialista em moda; e Karamo Brown, especialista em cultura e estilo de vida.

Queer Eye tem nota 8,6 / 10 no IMDB. No Rotten Tomatoes o reality show 91% de aprovação da crítica e 89% de aprovação do público. Leia abaixo alguns comentários sobre a produção:

“A crítica mais gentil da masculinidade tóxica que se possa imaginar. As reformas não são apenas sobre roupas novas e um corte de cabelo: são sobre homens acordando para um novo senso de si e uma nova participação em suas próprias vidas” – MaryAnn Johanson, Flick Filosopher.

“Talvez seja porque as coisas mudaram significativamente desde a estréia original de 2003, na perspectiva cultural, bem como na elegância da edição de reality shows, mas a nova versão parece muito mais relaxada, menos uma novidade e emocionalmente mais rica” – Steve Murray, ArtsATL.

“É o coração pulsante e o espírito empático do programa que fazem deste um dos melhores do ano” – John Hanlon, John Hanlon Reviews

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.