Nicole Maines, de Supergirl, revela se irá seguir os passos de Melissa Benoist

Hank (David Harewood), Supergirl (Melissa Benoist), Nia (Nicole Maines) e Brainiac 5 (Jesse Rath) em Supergirl
Hank (David Harewood), Supergirl (Melissa Benoist), Nia (Nicole Maines) e Brainiac 5 (Jesse Rath) em Supergirl (Divulgação/ The CW)

Nicole Maines, de Supergirl está colhendo os louros da fama. Sua personagen, a trans Nia Nal, que tem poderes de prever acontecimentos através dos sonhos, e por isso é chamada da Sonhadora se tornou uma das mais queridas da atração. Nas suas primeiras aparições, ela era apenas uma estagiária, e Kara (Melissa Benoist), percebeu havia algo errado com ela, ao perceber que ela tinha uma doença que a fazia dormir no meio do trabalho, e até no meio de conversas informais.

Em determinado episódio, Nia se abriu para a amiga, e revelou ser trans, algo que era aceito no lugar onde cresceu, mas nem sempre visto como natural por outras pessoas, motivo pelo qual ela chegou a sofrer bullying, algo que a atriz se identifica completamente, conforme contou em entrevista ao site Collider.

“Não foi difícil interpretar esse episódio e reviver o bullying porque tive o apoio de toda a equipe, e isso fez um ambiente seguro para mim. Me senti confortável e segura, explorando emoções, e a história da Nia por saber que estava em espaço seguro para fazê-lo. Eu sabia que todo mundo lá me apoiava e estava animado para contar essa história”.

Melissa Benoist dirigindo episódio de Supergirl
Melissa Benoist dirigindo episódio de Supergirl (Divulgação/ CW)

“Várias pessoas chegaram até mim durante as filmagens dizendo como estavam orgulhosos de mim, e por fazerem parte de um programa assim. Só pela segurança que me fizeram sentir é que ão foi difícil”, continuou ela.

Melissa Benoist, além de estrela da atração fez sua estreia como diretora de um episódio durante a quinta temporada, e Nicole disse que não sabe se como a colega assumiria uma responsabilidade tão grande: “Eu não sei. Acho que não estou pronta para isso”.

“Eu ainda estou tentando com a coisa de ser atiz. Eu ainda tenho muito a aprender, agindo de maneira sábia. Mas quem sabe? Talvez daqui a alguns anos, pode ser algo que eu tente. Por enquanto, estou muito feliz e agradecida por eles se sentirem confortáveis ​​conversando comigo sobre esse tipo de coisa”, explicou.

ankara escort