Norman Reedus conta o que Daryl faria caso descobrisse que Rick não morreu em TWD

Norman Reedus e Andrew Lincoln de The Walking Dead
Norman Reedus e Andrew Lincoln de The Walking Dead (Divulgação)

Se tem uma coisa que intriga Daryl, personagem de Norman Reedus em The Walking Dead, é o desaparecimento de Rick (Andrew Lincoln). Todos viram a explosão da ponte em que ele estava, e presumiram que ele estava morto embora um corpo nunca tenha sido realmente encontrado, e agora Michonne (Danai Gurira) tem provas de que o marido sobreviveu.

Em um dos últimos episódios exibidos na última temporada, a sobrevivente acompanhava Virgil (Kevin Carroll) até uma ilha que ele havia dito que tinha armas guardadas, e lá se deparava com um celular que tinha um desenho de Judith (Cailey Fleming), possivelmente feito por Rick. Então Michonne entrou em contato com a filha, e avisou que estava indo para o Norte do país tentar encontrar notícias sobre o amado.

A garotinha garantiu que apoiava a decisão da mãe, alegando que naquele momento Alpha (Samantha Morton), até então líder dos Sussurradores não era mais uma ameaça para todos como havia sido anteriormente. Mas para Daryl, a menina não contou o que a mãe foi fazer de verdade, e durante uma entrevista recente, o ator foi questionado se iria atrás de Michonne na busca por Rick caso soubesse a verdade.

“Não naquele momento. Sinto que ele precisava cuidar das crianças, cuidar do resto do grupo. Eu não acho que se ele seguisse Michonne naquele momento… acho que [o grupo] poderia ter precisado de sua ajuda. Então não, não naquele momento. E Michonne pode se cuidar sozinha”, disse ao ComicBook.com.

No programa Talking Dead ano passado, Reedus afirmou que o sumiço de Rick não faz o menor sentido para Daryl: “Ele não desiste. Ele quer uma prova, e não desistirá até encontrar um corpo”, e acrescentou: “cho que é difícil para ele engolir. Acho que ele precisa de um encerramento. Falta um pedaço desse quebra-cabeça”, concluiu.