Notícia empolgante sobre reboot de Mortal Kombat é revelada

Simon McQuoid
Simon McQuoid (Reprodução)

Depois de muitos fracassos, o cinema americano está novamente apostando em longas baseados em grandes franquias de videogame. O sucesso recente de Sonic: O Filme nas bilheterias provou que o nicho ainda é bem visto pelo público. Sabendo disso, o filme Mortal Kombat, anunciado para estrear no que vem, é amplamente aguardado, sobretudo porque a incursão cinematográfica da história nos anos 90 é alvo de críticas negativas até hoje.

O cineasta Simon McQuoid, responsável pelo novo longa contratou a produção atores que têm envolvimento com artes marciais para deixar as lutas mais reais, e poder pleitear uma classificação R (para maiores de 18 anos), mas a estrela do filme, o ator Ludi Lin, garante que não é só isso que está por vir. Ele deu a entender que o filme não é apenas um filme e isolado, e sim o início de uma franquia com direito a um universo inteiro.

“Foi a maior luta que já fizemos. O diretor Simon McQuoid é muito dedicado a este mundo. Ele é muito apaixonado por construir um universo de Mortal Kombat ao invés de um único filme de luta. Ele começou uma história de fundo do universo inteiro e fez questão de detalhar os personagens, para que as pessoas sintam que não é apenas um videogame e que há alguma substância por trás disso”, revelou o ator, elogiando o trabalho artístico de McQuoid.

“Eu briguei muito quando era criança. Não gostava quando pessoas abusavam dos fracos, e eu não me considerava fraco. Perdi muitas brigas também. Também lutei pelo que eu achava certo. Pelo que eu acho verdadeiro. Isso é muito Liu Kang”, completou sobre sua identificação com o personagem que irá interpretar. As notícias sobre o enredo do filme ou sua produção ainda são escassas, porém o produtor Todd Garner atiçou a curiosidade dos fãs que perguntaram sobre o uso de GCI no longa, afirmando que não será necessário devido às habilidades naturais dos atores.