Nova aventura do Flash pode justificar mudança nos filmes de Batman

Ezra Miller como Flash (Reprodução / DC)
Ezra Miller como Flash (Reprodução / DC)

Foi anunciado recentemente durante o DC FanDome, evento online para divulgar as novidades da Warner Bros. e DC Comics, que Michael Keaton vai reviver o Batman – que ele interpretou no filme homônimo, de 1986 – na aventura solo do personagem Flash, vivido por Ezra Miller.

Oficialmente, a franquia do homem morcego teve quatro filmes, com diferentes  atores, como Val Kilmer e George Clooney. Há mais de 25 anos, no entanto, fãs se questionam  se Batman Eternamente e Batman & Robin fazem parte do mesmo universo que os dois primeiros.  A origem da controvérsia está no tom dos filmes , assim como na representação de Gotham City.

Quando Batman foi lançado em 1989, o diretor Tim Burton não quis usar o tom boboca e de humor pastelão adotado pela série de TV da década de 60. Ele queria mostrar ao mundo que o personagem dos quadrinhos era sombrio e muito diferente daquele que as pessoas viam na telinha. O Flash, de Ezra Miller já conheceu Batman, de Ben Affleck em Liga da Justiça, sendo recrutado pessoalmente pelo milionário em sua casa.

Homem-morcego terá papel importante em Flash

Durante o DC FanDome no mês passado, a arte conceitual do Flash foi lançada online, mostrando como será a aparência da equipe: Da mesma forma que Batman, de Keaton, foi um parâmetro para o Cavaleiro das Trevas quando a franquia se tornou um rolo compressor de bilheteria global, o diretor de The Flash, Andy Muschietti trará de volta Ben Affleck para servir de referência para o enredo já que ele servirá como mentor do velocista escarlate durante o Flashpoint, evento adaptado dos quadrinhos.

“Ele é a linha de base. Ele é parte daquele estado inalterado antes de pularmos na aventura de Barry. Há uma familiaridade aí”, disse Muschietti. “Este filme é uma espécie de dobradiça no sentido de que apresenta uma história que implica um universo unificado onde todas as iterações cinematográficas que vimos antes são válidas. É inclusivo no sentido de que está dizendo tudo o que você visto existe, e tudo o que você verá existe, no mesmo multiverso unificado. “

A questão, então, é que o multiverso justificaria as mudanças feitas entre Batman O Retorno e Batman Eternamente. Isso poderia explicar, por exemplo, como Harvey Dent, interpretado por Billy Dee Williams no filme de 1989, se transformaria em Tommy Lee Jones na época em que Batman Eternamente aconteceu.