Novas acusações surgem contra ator, que pode pegar até 330 anos de cadeia

Ron Jeremy
Ron Jeremy (Divulgaçao)

Considerado um mestre do pornô americano, o ator Ron Jeremy teve mais sete acusações de assédio contra si reveladas nesta quinta-feira, 29 de outubro, e que possivelmente vão complicar ainda mais sua defesa, já que com isso ele pode pegar uma pena de mais de 330 anos.

Preso pela primeira vez em junho, Jeremy agora está lidando com um total de 11 acusações de estupro forçado, oito acusações de agressão sexual por contenção, seis acusações de cópula oral forçada, cinco acusações de penetração forçada de um objeto estranho e muito mais. Tendo se declarado inocente do primeiro conjunto de acusações no meio do ano e impossibilitado de pagar a fiança exigida de 6,6 milhões de dólares, ele continua na prisão.

Jeremy se declarou inocente hoje para as últimas alegações que vieram à tona, que envolvem cinco mulheres adultas, e uma jovem de 17 anos, e teriam acontecido no período entre 1996 e 2013. Outros 14 casos de estupro envolvendo Jeremy foram recusados pelo tribunal por terem prescrito perante a lei americana.

 Sua próxima audiência no tribunal sobre as novas acusações foi marcada para 14 de dezembro. Em 31 de agosto ele já havia se declarado inocente de todas as acusações, assim como meses antes quando também foi ouvido. Os procuradores distritais Paul Thompson e Marlene Martinez estão processando o caso.

As novas acusações abrangem um período de 17 anos e as idades das vítimas variam de 15 a 54 anos. Em junho de 2004, uma menina de 15 anos participou de uma festa em Santa Clarita onde o réu supostamente a agrediu sexualmente. O incidente mais recente ocorreu em 1º de janeiro de 2020, quando ele supostamente agrediu uma mulher de 21 anos. Além disso, seis outras alegadas agressões sexuais aconteceram dentro de um bar de West Hollywood que o réu frequentava e outra no estacionamento do bar.

ankara escort