Novas imagens dos filmes que retratam o caso Richthofen são divulgadas; Confira

A Menina que Matos os Pais (Imagem: Divulgação)

Quatro novas imagens dos polêmicos filmes que prometem retratar todo o caso do assassinato do casal Richthofen, em 2002, que chocou o Brasil por ter sido arquitetado e executado com a ajuda da própria filha Suzane Von Richthofen foram divulgadas recentemente.

Os longas, intitulados de O Menino que Matou Meus Pais e A Menina que Matou os Pais, foram gravados com base nos depoimentos dos envolvidos no crime, por Daniel Cravinhos e Suzane, e foram colhidos durante o processo de investigação, ainda em 2002. As falas dos envolvidos foram transformadas em dois longa-metragens que conforme o diretor, devem ser assistidos em sequência.

Ambas as produções são estreladas pela atriz Carla Diaz e por Leonardo Bittencourt. Ela dá vida à Suzane von Richthofen, enquanto ele assume a interpretação de Daniel Cravinhos.  As imagens que foram divulgadas mostram alguns momentos do casal, antes de terem cometido o crime que chocou todo o país.

O lançamento de dois longas, e não apenas um, foi um modo encontrado pela produção, de ser o mais fiel possível a história do crime, mas mostrando pontos de vista diferentes.

A produção tem a direção de Mauricio Eça e roteiro da criminóloga e escritora, Illana Casoy, a dupla se juntou ao escritor Raphael Montes. Devido ao fato dos dois filmes terem sido baseados em depoimentos prestados junto aos órgãos de investigação, nem Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos, receberão nenhum valor pelos longas.

Suzane von Richthofen chegou a processar a produtora responsável pela realização dos dois longas. Ela chegou a alegar que não houve a sua autorização para a produção da trama, porém, a justiça de São Paulo, julgou como improcedente a causa. A juíza Larissa Gaspar Tunala da Comarca de Angatuba foi a responsável por ter julgado o caso.

Não é a primeira vez que a detenta tenta barrar o relato da história do crime, ela já tentou proibir o livro “Suzane Assassina e Manipuladora”, obra escrita por Ulisses Campbell. Suzane chegou a vencer em duas instâncias, mas perdeu em uma decisão do Supremo Tribunal Federal. A obra de Ulisses Campbell, chegou a vender mais de 20 mil exemplares.     

Confira as imagens dos filmes:

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.